Página inicial > documentos > Mulheres pedem paz e solidariedade para a resolução dos conflitos em (...)

Mulheres pedem paz e solidariedade para a resolução dos conflitos em Casamance

quinta-feira 10 de fevereiro de 2011

Mulheres de vários países da África se unem no Fórum Social Mundial, em Dakar em solidariedade em busca de paz para o continente africano que tem sido o cenário durante vários anos de um teatro de conflitos étnicos.

Entre os movimentos de mulheres como mediadoras de conflitos regionais está o Comitê das Mulheres pela Paz em Casamance (C.R.S.F.PE.C), que desde 1999 tem lutado contra a violência, o tráfico de drogas, pela justiça social e pela igualdade de gêneros na região.

Nesta quinta-feira, 10, no Fórum Social Mundial, durante uma coletiva de imprensa do Comitê Regional de Solidariedade das Mulheres pela paz em Casamance, Ndèye Marème Bodian Diallo, coordenadora de comunicação do Comitê Regional de Solidarité des Femmes pour la Paix en Casamance explicou que desde 1982 o movimento armado MFDC e o exército senegalês se enfrentam em conflitos armados e que as mulheres tem se levantado como mediadoras por soluções pacíficas para a região.

"Nós somos um movimento pela paz. Não estamos com o MFDC ou com o Estado sengalez e precisamos da solidariedade de todos do mundo pela paz em Casamance", declarou Seynabou Male Cisse, coordenadora do CRSFPC.

Casamance é uma região de tríplice fronteira entre o Sudoeste do Senegal, a República de Gâmbia do Norte e a República de Guinée Bissau. Além dos conflitos armados, outro problema que tem preocupado as mulheres do Comitê tem sido o aumento da violência por causa do tráfico de drogas, pois atinge diretamente as famílias e prejudica o desenvolvimento da região.


Ver online : Saiba mais informações sobre a luta das mulheres pela paz em Casamance

Uma mensagem ou comentário?

moderação a priori

Este fórum é moderado a priori: a sua contribuição só será exibida após ser validada por um administrador do site.

Quem é você?
Sua mensagem
  • Para criar parágrafos, basta deixar linhas em branco.

  • Link hipertexto

    (Se a sua mensagem se refere a uma matéria pubicada na Web, ou a uma página fornecendo mais informações, por favor informe abaixo o título da página e o seu endereço.)

Incluir ao documento