Página inicial > FSM/WSF 2015 - TUNIS > A ética a favor de Lúcia Rodrigues

A ética a favor de Lúcia Rodrigues

sexta-feira 11 de setembro de 2015, por Rita Freire,

Coronel a quem são imputadas dezenas de mortes queria a cassação da jornalista que cobre Direitos Humanos. Comissão de Ética da Fenaj disse não.

Foto:Foto: José Carlos Torves

A Comissão Nacional de Ética da Fenaj rejeitou por unanimidade, na manhã desta sexta-feira (11), em Brasília, a ação movida pelo Coronel da Reserva da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Paulo Adriano Lopes Lucinda Telhada, o Coronel Telhada, contra a jornalista Lúcia Rodrigues, colaboradora da Ciranda, ex-repórter da Rádio Brasil Atual, e atualmente trabalhando na Revista Caros Amigos.

O Processo 2015/01-REC foi um recurso contra a decisão da Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, que já havia se posicionado contra o pleito do coronel. "Ele pedia minha exclusão do quadro do Sindicato, além de colocar em xeque minha atuação ética profissional".

As ações do Coronel Telhada contra Lúcia Rodrigues vêm na esteira das atividades da jornalista, que é premiada repórter na área de direitos humanos, e que expuseram a figura do ex-vereador e hoje deputado estadual pelo PSDB também pela suspeita de prática de nepotismo.

O coronel foi entrevistado pela jornalista no dia 4 de março de 2013, para a Rádio Brasil Atual, em que, entre outras perguntas, foi questionado sobre a contratação de assessores para o seu gabinete em condições duvidosas, sendo dois doadores de campanha e um primo. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo, as doações foram de cerca de R$ 40 mil um e R$ 19 mil o outro. Contratados, receberam salários de mais de R$ 21 mil, um, e quase R$ 18 mil, o outro. A contratação de um primo não chega a ser proibida por lei, mas as implicações éticas ficaram evidentes durante a entrevista, a ponto de uma pergunta sobre o assunto ter, como resposta, a ameaça do coronel à Lúcia:

"Eu aconselho você a tomar cuidado com o que você vai publicar, porque a paulada vem depois do mesmo jeito, no mesmo ritmo". A ameaça foi motivo de uma ação do Sindicato dos Jornalistas contra o coronel. Mas em vez de proteção pela evidente condição de alvo de ameaças, Lúcia Rodrigues foi demitida no mesmo dia pela direção da rádio.

A ação sem sentido contra a jornalista termina na Comissão de Ética da Fenaj, com os votos de Angela Marinho, Bia Barbosa, Mário Messagi Júnior (relator) e Sérgio Murilo de Andrade (presidente da Comissão). Bete Costa,esteve ausente por estar em Bruxelas, na Bélgica, realizando atividades da Federação Internacional dos Jornalistas. O coronel não compareceu à audiência pública.

O que não termina é a mentalidade sombria associada ao policiamento repressivo no Brasil, e que o coronel expressou com frieza e tranquilidade quando entrevistado por Lúcia. Questionado sobre o fato de que lhes são imputadas 36 mortes ocorridas durante o período em que atuou no Tático Móvel e depois como policial da Rota, ele respondeu:

"Você quer que eu conte quantos eu matei, eu não sei. Filha, eu sou um policial de 34 anos de serviço. Você sabia quantas vezes eu fui baleado? Você nunca perguntou… Vocês querem saber quantos eu matei, mas nunca perguntaram quantas vezes eu fui baleado. Você sabe quantas alças de caixão de policial eu já carreguei? Nunca perguntaram. Isso não interessa. Isso não interessa para vocês… O que interessa é que o coronel é um assassino, o coronel matou 48, 50 alguns falam 36, não sei onde arrumaram esse número… Eu não sei, eu nunca contei." Disse ainda estar em paz com isso: " Todos os caras que eu matei eram bandido. Não foi nenhum inocente. Essas mãos, aqui, filha, estão suja…de lama e sangue…Não tem nenhum sangue de inocente aqui".

Para conhecer a decisão da Comissão de Ética da Fenaj, acesse odocumento aqui.

Para saber mais sobre o caso e ouvir trechos da entrevista, acesso os links abaixo

http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/a-entrevista-com-telhada-e-a-demissao-de-jornalista-coordenador-nega-ligacao.html

http://www.viomundo.com.br/denuncias/sindicato-dos-jornalistas-vai-interpelar-telhada-sobre-ameaca-a-lucia-rodrigues.html.

http://www.viomundo.com.br/denuncias/lucia-rodrigues-telhada-na-comissao-de-direitos-humanos-e-acinte-alem-do-seu-historico-de-mortes-ele-ameaca-jornalistas-no-exercicio-da-profissao.html

http://www.vermelho.org.br/noticia/212146-10

http://www.portalimprensa.com.br/noticias/brasil/57784/sindicato+vai+a+justica+pedir+explicacoes+sobre+declaracoes+de+telhada+para+jornalista

http://www.redebrasilatual.com.br/radio/programas/jornal-brasil-atual/2013/03/coronel-telhada-contrata-parente-e-financiadores-de-campanha-para-assessora-lo-na-camara-de-sp