Página inicial > BRASIL > Adoção de maiores de 7 anos, o dia-a-dia de portadores de Síndrome de Down, (...)

Adoção de maiores de 7 anos, o dia-a-dia de portadores de Síndrome de Down, dicas de saúde... quando a publicidade pode agregar valores

Cada vez mais empresas têm buscado a consolidação de sua imagem através do branded content, com campanhas relevantes e não somente propaganda direta.

sexta-feira 18 de março de 2016, por Creuza Gravina,

Apresentações realizadas durante o evento Rio Content Market mostram que tanto na publicidade quanto no cinema têm aumentado o número de filmes em prol de alguma causa.

Documentários etnográficos, belas campanhas ou mensagens de enfoque social, vem conquistando publico, agregando valores, consolidando a marca, como pode-se notar nos diferentes cases e palestras apresentados durante o evento internacional de conteúdo focado no audiovisual realizado semana passada no Rio de Janeiro.

O Sport Clube Recife fez uma bela campanha - "Adote um pequeno torcedor" - pela adoção de maiores de 7 anos, geralmente renegados pelos casais, que normalmente buscam recém-nascidos ou ao menos nos primeiros anos de vida. A campanha do time começou a gerar frutos, até a semana passada um processo de adoção já havia sido concluído - um pai do Rio de Janeiro adotou uma criança de Recife. Outros processos seguem em andamento.

O futebol no exterior também não ficou de fora, o Barcelona, em parceria com a Intel, lançou a campanha ’One Goal = One Computer’, na qual, com base nos gols efetuados, computadores eram doados a instituições.

O Movimento Down e o Grupo In Press, através da Vbrand, fizeram uma websérie sobre o tema "Crescer com Síndrome de Down" que conta com histórias de integração e inspiração. Em um dos episódios, o apresentador Breno Viola, também portador da síndrome, reforça que o apoio da família é fundamental. A série será lançada globalmente.

A campanha "Give a Day Off", visa garantir as empregadas domésticas e babás o direito da folga semanal, ao mesmo tempo em que mostra que muitas vezes estas conhecem mais as crianças do que as próprias mães.

A Avon tem adotado em campanhas audiovisuais com dicas de saúde e apoiado ações sociais e pesquisas.

Novos documentários no cinema e séries de TV têm procurado evidenciar realidades e problemas, como o caso dos refugiados da Síria e o desaparecimento de pessoas por exemplo.

A produtora Nós juntamente com a Griffa mostra no documentário "Zaatari, o Deserto Que Virou Lar" que a vida segue nos acampamentos de refugiados, que contam com restaurantes, serviços de delivery interno, lojas diversas criadas pelos próprios moradores e até uma confecção de vestidos de noiva.

A Discovery apresentou a série Desaparecidos, que conta com entrevistas e comentários de diferentes pessoas envolvidas em desaparecimentos, como policiais, investigadores, parentes e amigos. O Afroreggae Audiovisual falou de série que estão produzindo sobre a onda de sequestros dos anos 90 no Brasil, porém no caso da ong brasileira, há o diferencial de que também mostrarão depoimentos daqueles envolvidos diretamente com a ação.

O filme "O Sal da Terra" sobre o fotógrafo Sebastião Salgado reforça a ideia de que uma imagem pode valer mais que mil palavras e mostra que através das fotos Sebastião levou ao conhecimento do mundo realidades e problemas muitas vezes desconhecidos ou ignorados.O próprio Sebastião em conjunto com sua esposa Lélia, através do Instituto Terra, fundado por eles, chegou a plantar mais de um milhão de mudas da Mata Atlântica em Minas Gerais.

No painel "Por Uma Causa" , no qual produtores falaram do desafio de fazer a diferença na vida de quem está retratado em uma obra audiovisual , Katie McKenna falou de seu trabalho como líder de engajamento do documentário “This Changes Everything”,que trata do grande desafio da mudança climática. “Temos de estar certos de que o filme e o livro sejam úteis como agentes sociais, e reunir diferentes movimentos que possuem pontos em comum, para que não briguem entre si, além de procurar novas formas de distribuição”.

Ainda durante o mesmo painel, David Rosier, roteirista e produtor do filme sobre Sebastião Salgado, falou de um dos objetivos desse tipo de obra: "Change minds, change behavior, causing an impact" - Mudar mentes, mudar comportamentos, causando um impacto - e ressaltou: "The reason we make filmes is that we do want to change the world" - A razão pela qual fazemos filmes é que queremos mudar o mundo.


Ver online : Rio Content Market


Adote um Pequeno Torcedor - Paixão em comum
https://www.youtube.com/watch?v=EKxjmebmBCE

Adote um Pequeno Torcedor: Sport Club do Recife
www.adoteumpequenotorcedor.com/

FC Barcelona Foundation Intel’s project ’One Goal = One Computer’
https://www.youtube.com/watch?v=hIaXF0cnNzU

Crescer com Síndrome de Down - Episódio Zero
https://www.youtube.com/watch?v=nftR8JkRudk

Movimento Down
www.movimentodown.org.br

Mums and Maids #igiveadayoff - YouTube
https://www.youtube.com/watch?v=jUxkOSkD8Rc

GiveADayoff
www.igiveadayoff.org/

Discovery Channel - Desaparecidos 1er capitulo
https://www.youtube.com/watch?v=LITCKQM2kro

Sebastião e Lélia: plantadores de florestas e do futuro
http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/atitude/conteudo_272599.shtml

This Changes Everything - a book, film and engagement
www.thischangeeverything.org

This Changes Everything - Trailer
https://www.youtube.com/watch?v=IpuSt_ST4_U

#RCM2016