Página inicial > FSM > FSM 2012/2013 > Governo quer sugestões para novo portal do software público

Governo quer sugestões para novo portal do software público

quarta-feira 20 de fevereiro de 2013, por ,

Até 12 de março, o Portal do Software Público Brasileiro (PSPB) está aberto para sugestões e contribuições. A partir dessa interação, surgirá um novo portal responsável pela hospedagem de softwares públicos.

O processo, inovador em termos de consulta e participação civil, também proporciona acesso ao ambiente de desenvolvimento do portal. Uma carta-aberta à população foi lançada, na segunda-feira, 18/2, para explicar e convidar os interessados a participar da construção do novo Portal do Software Público Brasileiro (PSPB) . “A ideia é abrir espaço para que todas as partes interessadas no Portal possam contribuir, expressando suas necessidades e dificuldades no ambiente e opinando sobre maneiras de como torná-lo mais atrativo, interativo e eficaz”, diz o texto.

Criado em abril de 2007, o portal do Software Público Brasileiro compartilha programas de computador de interesse público. “Tratamos esses softwares como um bem público, sem licenças que restrinjam seu uso ou o conhecimento pleno de seu funcionamento”, explica Corinto Meffe, diretor do departamento de serviços de informação do Ministério do Planejamento. Hoje, o PSPB conta com mais de 170.000 usuários cadastrados, em torno de 500 prestadores de serviços e 67 soluções ofertadas por empresas, órgãos de governo, universidades e pessoas físicas.

O incentivo à participação da sociedade civil é uma diretriz da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação. A prática de consultar a população e pedir sugestões também foi utilizada na construção do Portal Brasileiro de Dados Abertos. Por meio de videoconferências, pessoas de todo o Brasil participaram da construção do portal. A intenção é que a experiência se repita com relação ao Portal do Software Público Brasileiro. (Telecom)