Página inicial > documentos > Ciranda.net > Fórum Social Mundial 2007 - Nairóbi, 20 a 25 de Janeiro > Informe do Encontro de Nairóbi

Informe do Encontro de Nairóbi

sexta-feira 9 de fevereiro de 2007, por Inmidia GT-FSM/WSF-WF,

Ver galeria de imagens do encontro

No dia 24 de janeiro de 2007, jornalistas e comunicadore/as sociais de diferentes meios alternativos convidados pela Ciranda Internacional da Informação Independente se reuniram na cidade de Nairóbi, Quênia, África, em atividade integrante da programação do Fórum Social Mundial 2007, para debater estratégias futuras e compartilhadas de comunicação no processo FSM.

A iniciativa foi saudada pelo grupo de dança e percussão The Drum Beat Of Uganda From Uganda, a quem a Ciranda agradece e igualmente saúda. Seus tambores e artistas celebraram a abertura de um encontro cuja primeira conclusão se dará no prazo de um ano, durante as jornadas globais de mobilização convocadas pelo processo FSM.

Ativistas de comunicação da África, América Latina, Ásia e Europa iniciaram a reunião com um breve histórico das coberturas compartilhadas realizadas no processo FSM desde 2001, incluindo iniciativas regionais ou nacionais - a mais recente em Nova Delhi, como lembrado pela facilitadora de comunicação do Fórum Social Indiano.

A apresentação do conceito de imprensa compartilhada em contraposição ao jornalismo de mercado e a observação das características da Ciranda, iniciativa em transformação, foram seguidas de um diálogo sobre possíveis iniciativas para o processo 2007/2008, quando não haverá um evento central do FSM, mas estão previstas jornadas simultâneas de mobilização como contraponto ao Fórum Econômico Mundial de Davos.

O desafio identificado pelos(as) participantes está ao mesmo tempo em cobrir ações e iniciativas dos movimentos sociais nesse processo e em constituir parte de um movimento social por outra comunicação, não competitiva, não mercadológica e sintonizada com as lutas sociais por um outro mundo possível.

O encontro reafirmou seu propósito de exercitar o conceito de comunicação compartilhada como uma das alternativas ao padrão existente hoje. Em lugar de apostar na construção de grandes meios passíveis de serem controlados por poucas mãos, o interesse das(os) participantes está na conexão entre meios e pessoas através de redes horizontais capazes de promover iniciativas conjuntas de comunicação.

O universo temático e de participação estabelecido no Encontro de Nairóbi é o mesmo que corresponde ao processo FSM, e em consonância com a Carta de Princípios do FSM. Além da conexão entre meios, o grupo participante se compromete também com as ligações entre comunicação e movimentos sociais e com a defesa dos direitos relacionados à comunicação.

Em termos práticos, o Encontro de Nairóbi decide constituir-se desde já como grupo de trabalho rumo às jornadas de mobilização global de 2008, aberto à participação, produzindo e distribuindo o presente informe e elegendo algumas ferramentas de comunicação para início de atividades. São elas:

1) Criação de lista de comunicação por e-mail, já providenciada pela Rede Hipatia de Conhecimento Livre, com o seguinte endereço: alafas@listas.hipatia.info, implicando sempre versão em inglês, por meio da qual serão transmitidas informações de interesse organizativo;

2) Informes mensais nos demais idiomas sobre as atividades da lista serão feitos para distribuição por meio de outras listas do universo FSM interessadas em comunicação, especialmente as da Ciranda;

3) Criação de página wiki para construção de projetos e iniciativas de ação conjunta, bem como referências conceituais e metodológicas, que estará no endereço www.ciranda.net/wiki;

5) Uso do site Ciranda Mundi (sistema Spip de publicação coletiva/compartilhada) para divulgação de conteúdos jornalísticos ou informes sobre mobilizações e temas do FSM, no endereço www.ciranda.net/mundi

6) informe aos/às participantes sobre o nascimento da página Ciranda África, doravante sob gestão conjunta entre Ciranda Afro (Brasil) e Grupo M.A.U. (Quênia) e demais jornalistas africanos(as) presentes ao Encontro de Nairóbi., e que estará no endereço www.ciranda.net/africa

7) Diálogo com meios e projetos alternativos parceiros para novas atividades com uso de tecnologias livres de comunicação e publicação de conteúdos de áudio e vídeo com interface nas páginas da Ciranda.

O Encontro de Nairóbi prosseguirá virtualmente, por meios eletrônicos, e presencialmente, nos espaços de atuação das(dos) participantes. Pedidos iniciais de adesão devem ser feitos à ciranda@ciranda.net, indicando nome, veículo ou organização e país, com as opções de participar do grupo de trabalho (lista Alafas) ou receber informações (listas Ciranda).

Meios de participação na página wiki, de publicação na Ciranda Mundi ou de participação na Ciranda África serão difundidos pelas listas Alafas-inglês ou Ciranda-Idiomas.

Um próximo encontro presencial está programado para o ano de 2009, durante a próxima edição do Fórum Social Mundial.

24 de janeiro de 2007

Estádio do Kasarani, Nairóbi, Quênia

Leia mais:

Artigo de Thais Chita e Lina Rosa, Instituto Paulo Freire - Ciranda

Artigo de Constanza Pina, Flamme d’Afrique - Ciranda