Página inicial > FSM > Instrumentos e objetos da África ancestral

Instrumentos e objetos da África ancestral

sexta-feira 18 de fevereiro de 2011, por Michele Torinelli ,

O artista e colecionador senegalês Ibrahima Sagna montou uma exposição de objetos e instrumentos tradicionais africanos para o III Festival Mundial de Artes Negras (Fesman), realizado em dezembro de 2010 em Dacar.

A equipe da Ciranda foi convidada a uma visita guiada pelo artista. Fomos conferir a exposição no parque Hann, e pudemos acompanhar a minuciosa explicação de Ibrahima.

*

Esse instrumento se chama Bonbolong. Ele é originário de Casamance, sul do Senegal, local onde está havendo uma guerra separatista e província de origem de Ibrahima. É utilizado para comunicação sagrada.

*

O tambor acima tem origem senegalesa e é chamado Mouloup Sérére. É usado nos rituais de chuva.

*

O Gong tem sua origem na Nigéria e é um instrumento para os rituais de sacrifício.

*

O Ekoting não tem funções religiosas, é utilizado nas festas de Casamance há muito tempo. "É um instrumento ancestral", conta Ibrahima.

*

O Kandap serve para se subir na árvores para pegar as cabaças. É originário de Casamance, e o pai de Ibrahima é um profissional do ramo.

*

Jarro Senegales.

*

A chaleira.

*

Evidentemente, essa é uma tradicional tábua de lavar. Mas na Angola também pode servir como um instrumento musical, uma espécie de reco reco.

*

Essa imagem representa a Mulher Africana, que olha para o futuro. É tradicional da etnia senegalesa Toucoleur.

*

Vasilha é utilizada no Senegal para fazer cuscuz.

*

Esse tambor é a Taparka, e a baqueta utilizada para tocá-lo se chama Dom. O instrumento é tocado por duas pessoas, e pode-se fazer grandes rodas com várias duplas tocando Taparka.

*

O pilão senegalês, chamado Gkeune (pronuncia-se "gana¨).

*

Esse é um jogo matemático africano - em cada região ele possui regras e nomes diferentes. No senegal é Wouré, no Camarões é Akale. Ele representa a semeadura.

*

A exposição é gratuita e continuará disponível no parque Hann, em Dacar. O contato de Ibrahima é bayefall2004@hotmail.com