Página inicial > FSM/WSF 2015 - TUNIS > Mulheres, amem-se!

Mulheres, amem-se!

sexta-feira 2 de outubro de 2015, por Myrianna Albuquerque,

É estranho ter consciência de que fui ensinada a não me amar do jeito que sou e não saber romper com isso. Enfim, desabafo.

Eu sempre tive problema com sobrepeso, com a minha auto imagem e isso me causou e causa ainda muito problema com auto estima. Ver outras mulheres lidando com isso de forma bem humorada (como na página Lugar de Mulher) é legal, mas confesso que tenho gordofobia e isso é terrível de admitir.

Assisti uma cena de sexo envolvendo uma mulher bem gorda e me senti mal. Me entristece ter esse tipo de sentimento. Me entristece não conseguir aceitar meu corpo do jeito que ele é. É uma luta de 30 anos: meu corpo e eu.

Ter um companheiro que me coloca pra cima me ajuda, mas depois do que senti ao ver essa cena em uma série (homeland) percebo o quanto preciso de ajuda profissional pra reaprender a me amar. Coisa que o mundo me tirou desde meus 3, 4 anos ao mostrar na TV crianças magras, adolescentes magras e adultas que se dizem plus size super magras.

É estranho ter consciência de que fui ensinada a não me amar do jeito que sou e não saber romper com isso. Enfim, desabafo. I need help. Mulheres, amem-se! E não falem nunca pra uma criança, adolescente, mulher que ela está gorda, ou magra. Não elogiem a aparência, elogiem a essência dela, a inteligência, delicadeza, força, etc.

Vcs não sabem o mal que podem causar com um simples elogio/apontamento sobre o peso de alguém. Quando eu era gorda quase nunca ouvi "você é linda". Foi só ficar magra que esses elogios se multiplicaram. Voltei a engordar e o "linda" desapareceu e o "gordinha" voltou.

Parem! Simplesmente, parem!