Página inicial > FSM > FSM 2012/2013 > O que a população percebe da concentração da mídia?

O que a população percebe da concentração da mídia?

sexta-feira 16 de agosto de 2013, por Cecília Figueiredo,

Fundação Perseu Abramo lança pesquisa sobre “Democratização da mídia” nesta sexta, com transmissão online

A Fundação Perseu Abramo (FPA) lança nesta sexta-feira, 16, a partir das 17h30, a pesquisa “Democratização da mídia”, com transmissão online pela tevêFPA. Realizada pelo Núcleo de Estudos e Opinião Pública (Neop) da FPA, o levantamento se baseou em 2.400 entrevistas com pessoas na faixa etária de 16 anos para cima, que vivem em áreas urbana e rural de 120 municípios das cinco macrorregiões do país.

Sob a orientação de Gustavo Venturi, do departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo (USP) e Vilma Bokany (Neop), o estudo tem por objetivo principal investigar as percepções da população brasileira sobre os meios de comunicação.

Qual o tipo de mídia mais consumida pela população? As pessoas se sentem representadas em interesses e imagens divulgadas pelos meios que consomem? Qual o papel que ocupa a internet em suas vidas? Qual a percepção sobre a neutralidade dos meios e as opiniões sobre a regulamentação do setor? Pluralidade e diversidade nos conteúdos difundidos pelos veículos. Essas são algumas das questões contidas na pesquisa de opinião pública “Democratização da Mídia”, que será apresentada pela FPA nesta sexta-feira (16), às 17h30.

A apresentação da pesquisa, no evento que será aberto a jornalistas de mídias empresariais, alternativas e de movimentos sociais, será feita por Joaquim Soriano, diretor da FPA, e Gustavo Venturi, coordenador do Núcleo de Estudos e Opinião Pública (Neop). Para comentar o estudo, participam: Beá Tibiriçá, diretora do Coletivo Digital; Joaquim Palhares, advogado e fundador da Agência Carta Maior; Laurindo Lalo Leal Filho, sociólogo, jornalista e professor de Jornalismo da ECA-USP; Miro Borges, jornalista e fundador do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé; Pedro Ekman, da Coordenação Executiva do Intervozes (Coletivo Brasil de Comunicação Social); Rachel Moreno, do Observatório da Mulher e Rede Mulher e Mídia, Frentex e FNDC; e Rita Freire, da Coordenação da Ciranda da Comunicação e do Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Serviço:

FPA apresenta a pesquisa Democratização da Mídia

16/8 - sexta-feira, 17h30

Auditório da Fundação Perseu Abramo

Rua Francisco Cruz, 234 - Vila Mariana

Informações: 11 5571-4299 (Comunicação)

Portfólio