Página inicial > FSM > Passos para a Rio + 10

Passos para a Rio + 10

segunda-feira 14 de março de 2011, por ,

Todas as versões desta matéria: [English] [Español] [français] [Português do Brasil]

Sumário das Decisões da Assembleia sobre a Rio+20 em Dakar-Senegal

No dia 10 de fevereiro de 2011, às 14 horas, em Dakar/Senegal, realizou-se a Assembleia sobre a Rio+20. Com uma plateia de cerca de 200 pessoas, tendo presente movimentos sociais internacionais e brasileiros importantes neste debate, a plenária foi aberta com intervenção de representantes do: ETC Group, Via Campesina, CAOI, GRAP, Grupo 17/ África do Sul, Comitê Facilitador do Brasil, ATTAC França, Comitê Organizador de Cochabamba, FCD , Rede de Povos sem Estado, dentre outros.

Conclusões:

1) Um dos aspectos políticos de destaque foi a decisão de articular as agendas do G20(França) com as da COP17(África do Sul), Cochabamba (Bolívia), FSM temático(Porto Alegre) e a Rio +20 (Rio de Janeiro);

2)Foram definidos 4 pontos focais, Bolívia, França, Brasil e África do Sul, por serem os territórios onde os eventos internacionais acontecerão. Esta decisão foi tomada também por serem espaços onde existem movimentos sociais e ONGs organizados e articulados para mobilizar e articular politicamente em relação a estes eventos. Não foi tomada nenhuma decisão de constituição de um Comitê Internacional; isto ficou postergado a um futuro, caso seja necessário.

3)Um dos focos desta articulação será a promoção de grandes mobilizações públicas como forma de demonstrar nossa crítica ao processo e às decisões políticas.

4) A Assembleia não produzirá nenhum documento de posição, em função de, neste início de articulação, termos diversas posições quanto aos temas presentes na agenda: financiamento público, governança, mecanismos de mercado, entre outros.

5) Foi definido que o Representante desta Assembleia, na Assembleia das Assembleias, fosse Patrick Mooney, do ETC Group, Canadá.


Ver online : GRAP