Página inicial > FSM/WSF 2015 - TUNIS > Pelas ondas da Pororoca e pelos ares da Amazônia.

Pelas ondas da Pororoca e pelos ares da Amazônia.

quarta-feira 13 de maio de 2015, por Vanessa Cruz,

A nave vai ...uma viagem de exploração entre o Extrativismo e o Bem Viver.
Jovens comunicador@s da mídia amazônica realizam uma viagem de intercambio num projeto realizado pela Amarc Brasil, Radialistas Apasionadas do Equador e Instituto de Defesa Legal do Peru.

Intercâmbios quebram fronteiras - este é o lema sob o qual no dia 17 maio de 2015 jovens comunicador@s da mídia amazônica vão começar um projeto excepcional. Durante seis semanas, el@s vão viajar por mais de 1000 km nas cabeceiras da Amazônia. Estarão levando câmeras, aparelhos de foto, equipamento de gravação e um monte de perguntas: Como é a vida na Amazônia globalizada? Como se pode saciar o apetite global por matéria-prima com as culturas locais e as suas perspectivas de desenvolvimento? E quais são as alternativas para a produção de petróleo e extração de madeira?

Doze jovens entre 19 e 39 anos oriundos de comunidades indígenas e tradicionais no Equador, Peru e Brasil que além dessa bagagem cultural diversa compõem o itinerário que parte do Equador, passa pelo Peru e termina no Brasil na cidade de Tefé no Amazonas. Há tempos, as pessoas lá descobriram a importância de fazer rádio e vídeo, bem como usar novos meios de comunicação para suas vidas diárias. Como diz Franco Viteri de Sarayaku no Equador: »Um povo mau informado é um povo fraco«.

Agora, juntos durante as jornadas, os integrantes do grupo querem aprender como podem informar ainda melhor a suas comunidades - e como eles podem dialogar com o mundo sobre a realidade da Amazônia. Uma documentação multimídia trilíngue da viagem é só o começo.

A viagem também será o prelúdio de uma cooperação a longo prazo. A ideia é estabelecer uma rede de comunicação transnacional onde novos meios de comunicação, rádios comunitárias e expressões culturais, tradicionais e artísticas se encontrarão neste espaço virtual http://pororoca.red.

A realização de um conceito alternativo de desenvolvimento, um Bem Viver do ponto de vista da Amazônia, tem muitas dimensões e não é criado na prancheta de desenho«, diz Siegmund Thies, cooperante internacional da organização Radialistas Apasionad@s.

O projeto foi iniciado pela ONG equatoriana Radialistas Apasionad@s, o Instituto Peruano de Assessoria Jurídica - IDL e da seção brasileira da Associação Mundial de Rádios Comunitárias (AMARC Brasil) e recebe apoio financeiro de Pão para o Mundo. Todas as três organizações têm nos últimos anos cada vez mais cooperação com comunidades da Amazônia. »Nós lutamos para que as pessoas aqui conheçam o seu Direito à Comunicação e saibam como usá-lo. Porque as vozes da floresta devem ser ouvidas e respeitadas principalmente quando se trata do futuro desta região«, sublinha Pedro Martíns, representante nacional da AMARC Brasil.

O QUÊ?
Saída de campo nas cabeceiras da Amazônia (Equador, Peru, Brasil)
Documentação multimídia de viagem: http://pororoca.red (a partir do 19.05.2015)

QUANDO?
17 de maio - 28 de junho de 2015

QUEM?
Jovens comunicador@s da mídia amazônica e equipe do projeto

CONTATO :
Vanessa Cruz
Tel. +55.21.9.6974.3686
Email: pororoca.red@gmail.com
SITE: http://pororoca.red