Página inicial > BRASIL > Comunicação > Prorrogadas inscrições do Prêmio Naíde Teodósio de Estudos de Gênero

Prorrogadas inscrições do Prêmio Naíde Teodósio de Estudos de Gênero

segunda-feira 18 de julho de 2016, por ,

São temas a violência de gênero nos espaços doméstico e público; a educação, a inserção nos espaços de poder e as relações no âmbito rural.

As inscrições para o Prêmio Naíde Teodósio de Estudos de Gênero foram prorrogadas até o dia 15 de agosto, são gratuitas e podem ser realizadas pelo site da Facepe ou da Secretaria da Mulher. A chamada convida os estudantes do ensino médio, técnico subsequente, graduação e pós-graduação, bem como professores do ensino médio e técnico subsequente, a apresentar redações, artigos científicos, relatos ou projetos de experiência pedagógica e roteiro para vídeo documentário digital de curta metragem. Dentre os temas estão a violência de gênero contra as mulheres nos espaços doméstico e público; o gênero e a educação, a inserção das mulheres nos espaços de poder e as relações de gênero no âmbito rural.

As premiações variam de R$ 5 mil a R$ 8 mil, auxílio para Participação de Pesquisador(a) em Congresso ou Reuniões no País (ACP), prêmio de R$ 20 mil para o ganhador da categoria de roteiro para vídeo documentário, tablets, assinaturas da Revista Continente e diploma de Reconhecimento Institucional.

Desde 2007 o Prêmio tem por objetivo estimular produções no campo dos estudos de gênero por meio da seleção de redações, artigos científicos, relatos e projetos de experiência pedagógica, além de roteiros para vídeo documentário digital de curta metragem que podem ser submetidos em diversas temáticas. As oito edições anteriores somam aproximadamente mais de 5 mil inscritos e mais 160 premiados.

Inscrições: www.secmulher.pe.gov.br ou www.facepe.br.

Clique aqui e confira o edital

O edital é uma parceria da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe) com a Secretaria da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE), a Secretaria de Educação (SEE), a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), a Secretaria de Planejamento e Gestão (SEPLAG), a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (FUNDARPE), Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE).