Página inicial > BRASIL > Ciranda Afro > Sudeste e Nordeste dominam candidaturas ao Prêmio Abdias Nascimento

Sudeste e Nordeste dominam candidaturas ao Prêmio Abdias Nascimento

domingo 28 de outubro de 2012, por ,

Entre as categorias, a de Mídia Impressa ainda domina, com 25,8%. A Internet, com 18,4%, supera a da TV, com 16%. Especial de Gênero alcançou 14,1% das inscrições. A Mídia Alternativa comparece com 7,4%, mas também se expressa nas demais categorias. A Rádio teve 6,7%. e a Fotografia trabalhos inscritos 11,7%

Sudeste e Nordeste dominam inscrições em Prêmio

A segunda edição do Prêmio Abdias Nascimento de Jornalismo, que terá entrega em 12 de novembro, tem na disputa trabalhos enviados de todas as regiões do Brasil, com destaque maior para os estados do Nordeste e Sudeste.

Neste ano, o prêmio teve maior adesão de diferentes regiões. Enquanto 50,3% das inscrições vieram do Sudeste, 27% são de jornalistas do Nordeste, e 11% do Centro-Oeste. A novidade foi o aumento das participações das regiões Sul (8%) e Norte (3,7%).

“Estes indicadores fortalecem nossa avaliação de que a estratégia que constou no plano de ação para realizar lançamentos do catálogo da primeira edição do prêmio e do vídeo documentário em diferentes capitais brasileiras foi bem sucedida”, conta Angélica Basthi, coordenadora da premiação, que tem como foco trabalhos jornalísticos que retratem o Brasil plural e diversificado.

Entre as categorias do Prêmio Abdias, a de Mídia Impressa teve 25,8% do total de inscrições desta segunda edição. Em seguida vem a Internet, com 18,4%. A categoria Televisão teve 16%, e a Especial de Gênero alcançou 14,1% do total de inscritos. As demais categorias tiveram 11,7% (Fotografia), 7,4% (Mídia Alternativa) e 6,7% (Rádio).

O Prêmio Jornalista Abdias Nascimento é uma iniciativa da Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira-Rio), vinculada ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro. Conta com o apoio da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), das demais Cojiras que atuam no Distrito Federal, São Paulo, Alagoas, Paraíba e Bahia, do Núcleo de Jornalistas Afro-Brasileiros (do Rio Grande do Sul) e do Centro de Informações das Nações Unidas (ONU).

Informações: premioabdiasnasciemnto@gmail.com


Ver online : Prêmio Abdias Nascimento (Facebook)