Ciranda internacional da comunicação compartilhada

agrega noticias de parceiros parcerias da ciranda
Condamnation du Makhzen et soutien à la lutte du peuple sahraoui

Marocains furieux ont attaqué le modérateur de l’assemblée des mouvements sociaux du FSM qui lisait le texte, M. Moumni Rahmani, un Marocain lui-même, le menaçant et le maltraitant en public et le qualifiant de traître.

Communiqué Sortir du Colonialisme

" Alors que la France a entrepris une guerre au Mali au nom de la lutte contre l’occupation d’une partie de ce territoire par les forces djihadistes, elle ne dit et ne fait rien face au Maroc qui occupe illégalement le territoire d’un autre peuple."

Réfugiés subsahariens du camp de Choucha dans une grève de la faim

Quarante-et-un réfugiés subsahariens du camp de Choucha frappent aux portes du très influent Forum Social Mondial pour réclamer la dignité humaine. L’absence de reconnaissance et de solutions concrètes à Tunis les incite à entamer collectivement une grève de la faim le 29 mars 2013 devant le Haut commissariat aux réfugiés (HCR) de Tunis, mettant leur santé - déjà précaire - en danger.

Le "printemps arabe" invite le mouvement altermondialiste

Las mujeres darán el puntapié “oficial” anticipando con su asamblea mundial la apertura de la 12da edición del Foro Social Mundial (FSM) este 26 de marzo

Accueil > FSM > FSM 2012/2013 fr > Tributo à diversidade da alma

Tributo à diversidade da alma

vendredi 26 juillet 2013

Debates e depoimentos que celebram a passagem do Dia da Visibilidade Lésbica servirão de base para a criação de politicas públicas.

O Casarão Brasil - Associação LGBT e o Projeto “Freedom by the Law” de São Paulo realizarão em 30 de agosto, em comemoração ao Dia da Visibilidade Lésbica, o Evento “Tributo à Diversidade da Alma” que acontecerá das 9h às 18h, na Biblioteca Mário de Andrade, na Rua da Consolação, nº 94, próximo ao metrô do Anhangabaú, Centro de São Paulo.

O Dia da Visibilidade Lésbica é comemorado em 29 de Agosto, data em que ocorreu o primeiro Seminário Nacional de Lésbicas, Senale, no ano de 2006, no Brasil. É um dia dedicado ao debate e a dar maior visibilidade à Comunidade de lésbicas no País. Para comemorar a data convidamos Comunidades, Grupos e Entidades para o Evento : “Tributo à Diversidade da
Alma”. Essa troca de experiências, servirá de base para a criação de politicas públicas.

Acreditamos que o Brasil, por ser um País formado e construído por diferentes povos, credos e culturas deveria ter o respeito ao diferente como um hábito. Contudo, nos deparamos com inúmeros entraves sempre que buscamos, ao longo do tempo, alcançar a garantia dos Direitos da Diversidade.

Essa é uma luta de diversos Segmentos de nossa Sociedade, por isso contamos com a participação de representantes das Comunidades de : Imigrantes, Nordestinas, Ciganas, Quilombolas, Índias, Latina Americanas, Caribenhas, Africanas, Afegãs, Judias, Negras, Indianas e Orientais ; além de mulheres Lésbicas, Transexuais, Assexuadas, CrossDressing, Intersexo, Anãs, Deficientes, Idosas, Autistas, Síndrome de Down, Doenças Raras, Sobreviventes da Ditadura, Moradoras de Rua, Plus Sizes e Presidiárias.

Seria impossível trazer todas as Comunidades ; contudo, os Segmentos convidados já nos permitirão considerável troca de experiências e visibilidade aos Grupos, muitas vezes, esquecidos.

O Dia da Visibilidade Lésbica abordará diversos temas como a empregabilidade, o assédio moral, a discriminação no trabalho, o direito ao corpo, o atendimento médico, a transgenitalização, o Direito dos animais à vida e à proteção e o Meio Ambiente, a Discriminação e a Homofobia.

No Evento, será lançada a Campanha “Olhos de Ver e Direitos de Sentir”, cujos cartazes serão distribuídos em diferentes regiões da cidade de São Paulo, assim como nas estações do metrô e terminais de ônibus.

Apoio Institucional :

Biblioteca Mário de Andrade, Secretaria Municipal de Cultura, Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Conselho Regional de Psicologia de São Paulo, Católicas pelo Direito de Decidir, Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região, Gabinete da Deputada Leci Brandão, Gabinete do Vereador Floriano Pesaro, ONG Elas por Elas – Vozes e Ações das Mulheres, ONG VEDDAS – Vegetarianismo Ético, Defesa dos Animais e Sociedade, ONG Anis – Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero, Surya Brasil, Revista Via G, Revista Paulista e Coletivo Anacopunk Diversidade.

Confira o programa

Data : 30.8.2013

Local : Biblioteca Mário de Andrade – Rua da Consolação, nº 94, próximo ao Metrô Anhangabaú.

9h00 – Credenciamento

Mesa Trabalho : Emprego/Desemprego, Assédio Moral, Discriminação no Trabalho.

- Deputada Leci Brandão

Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo – ALESP

- Dra. Cláudia Patricia de Luna

ONG Elas por Elas – Vozes e Ações das Mulheres

- Adriana Costa Ferreira

IBM Brasil

Mesa Saúde : Direito ao Corpo, Atendimento Médico, Transgenitalização.

- Kátia Maria Barreto Souto

Coordenação-Geral de Apoio à Gestão Participativa e Controle Social – Ministério da Saúde.

- Valéria Melki Busin

Católicas pelo Direito de Decidir

- Marcia Regina Galvão

Psicopedagoga e Escritora, autora do Livro “Mentes que Aprendem”.

Mesa Sustentabilidade : Direitos dos Animais à Vida e à Proteção e Meio Ambiente.

- George Guimarães

Vegetarianismo Ético, Defesa dos Direitos Animais e Sociedade - VEDDAS.

- Márcio Moreira

Responsabilidade Social da Empresa Surya Brasil

Intervalo para Almoço (livre).

Lançamento da Campanha “Olhos de Ver e Direitos de Sentir”

- Dra. Iolanda Mendonça

Projeto “Freedom by the Law”

Mesa Discriminação : Novas Famílias, Depoimentos das Comunidades, Homofobia.

- Dra. Maria Cristina Reali Esposito

Conselheira de Desenvolvimento Sustentável do Município de São Paulo e Professora ESA Especialista em Direito Homoafetivo.

Depoimentos das Comunidades : Imigrante, Nordestina, Deficiente, Anã, Transexual, Cigana, Moradora de Rua, Presidiária, Idosa,
Assexuada, Intersexo, Lésbica, Quilombola, Autista, Síndrome de Dow, sobrevivente da Ditadura, Indiana, Latina Americana,
Caribenha, Africana, Afegã, Plus Size, Croiss Dressing, Doenças Raras, Negra, Índia, Oriental e Judia.

- Dra. Tatiana Lionço

Doutora em Psicologia, atualmente docente de graduação e mestrado em Psicologia no Centro Universitário de Brasília – UniCEUB,
trabalha com ênfase em Direitos Humanos e Direitos Sexuais e Reprodutivos.

Sorteio de brindes.

17h30 – Encerramento

Realização :

Casarão Brasil – Associação LGBT e Projeto “Freedom by the Law”.

Para inscrição : Enviar nome completo, número do RG e Telefone de contato para email : contato@casaraobrasil.org.br, Maiores informações : 011-3104-9251.

Répondre à cet article