Para que outro mundo seja possível, é preciso reinventar a comunicação


Página inicial > documentos > Informações > Para ser autor/a da Ciranda

Para ser autor/a da Ciranda

Todas as versões desta matéria: [English] [Español] [Português do Brasil]

PASSO A PASSO PÚBLICO

Entre no site http://www.ciranda.net

Clique em Login no alto da página

Preencha seu nome de autor/a (como assinará suas publicações) e email. Envie. Você receberá por email Login e senha (depois, se quiser poderá alterar senha e fornecer mais dados sobre você).

A partir de agora você tem login, senha e uma página de autor, onde seus artigos publicados estarão listados

Para inserir conteúdos

Entre no site http://www.ciranda.net

Clique em login ou Espaço privado

Preencha seu login e senha, e assim terá acesso à sua área de trabalho

PRIMEIRA FASE DA PUBLICAÇÃO

Escolha o idioma em que vai trabalhar (basta clicar da primeira vez, ou mudar quando quiser)

Na parte interior da Página, encontrará as pastas de seções disponíveis ( Brasil, Mundi ou FSM/WSF) . Escolha uma delas e, se necessário, uma subpasta (por exemplo Comunicação, em Brasil, ou Américas, em Mundi).

Finalmente, procure no final da página, já dentro da seção escolhida, o ícone Escrever uma Nova Matéria

Preencha os seguintes campos:

Sobretítulo: 1 palavra ou frase que ajude a indicar ou localizar o assunto (exemplo: Direitos Humanos ou Rumo ao Senegal ou mesmo o nome do lugar ou evento. Este campo é opcional)

Título: Use cerca de 50 caracteres (pode variar)

Subtítulo: Não é necessário

Seção ou rubrica: Confira se a seção escolhida está correta. Do contrário, clique na lupa, depois na seção correta e, finalmente, em escolher

Descrição rápida: Use cerca de 100 caracteres (o texto deste campo também aparecer na capa ou no índice de matérias)

Introdução: Não é ncessário preencher, mas você poderá inserir alguma informação sobre a imagem utilizada ou uma frase introdutória ou epígrafe

Link Ipertexto: (insira abaixo os dados do site do artigo original, quando for o acaso, ou link para arquivos da matéria publicados em outro local)

Título: Título do site ou do arquivo publicado em outro site

URL: Link do site ou do arquivo publicado em outro site

Texto: Publique a matéria, mantendo intervalo de 1 linha entre os parágrafos (ou o texto ficará blocado). Na barra superior, utilize os recursos de edição. Selecione o trecho do texto a ser sublinhado e clique em B (destacar) ou i (inclinar) ou SPIP (colocar um link, começando por http://)

Rodapé: Quando se tratar de vídeo, copie do original o código Embed e cole neste campo. Também utilize para inserir endereços de audio. Do contrário, deixe este campo em branco

Gravar: Clique aqui quando os dados do texto estiverem completos e passe para a fase seguinte

SEGUNDA FASE DA PUBLICAÇÃO (APÓS GRAVAR O TEXTO): REVISE, TRADUZA E ILUSTRE

1.
Geral - Confira se título, autor, e conteúdos de texto estão corretos (do contrário, retorne ao texto clicando no ícone quadradinho “Editar esta matéria”, à direita no alto do artigo, e faça as correções)

2.
Autores/as - Se você não é o autor do artigo, corrija: Clique no campo de autor e insira o nome do autor correto, fazendo a busca. Caso essa pessoa não seja ainda autora da Ciranda, você deve clicar em criar um novo autor e inserir dados da pessoa: nome, email e site, se você tiver, e quem é a pessoa, se tiver a informação segura) . Apague seu nome ou qualquer outro que apareça por engano neste campo, durante a creditação. Sempre que inserir texto de outra pessoa, deve informá-la por email e proceder a qualquer modificação que a pessoa solicite. Não podem ser inseridos textos protegidos por direitos autorais que não sejam autorizados, de uso copyleft ou licença Creative Commons. Os textos publicados na ciranda podem ser livremente reproduzidos

3.
Palavras-chave – Ao clicar neste campo voce terá acesso a vários grupos de palavras-chave, que correspondem a editorias ou localizadores do site ( Exemplo: Feminismo em Brasil, ou Cochabamba em Países e lugares). Escolha no máximo duas palavras-chave, para evitar que seu texto precise ser conferido por várias editorias antes da publicação, retardando o processo.

IDIOMA E TRADUÇÕES

4.
Idioma – Confira se o idioma de referência do artigo está correto. Caso não esteja, corrija. Matérias publicadas em idiomas trocados não aparecerão nas páginas corretas, bloqueando a leitura. Caso você tenha uma tradução do seu artigo, clique também em Escrever uma nova tradução desta matéria. Você terá acesso a uma cópia do seu texto, que deve ser substituído pela tradução. Preencha os demais campos, como em um artigo inicial, e clique no idioma correto da tradução, para que os leitores tenham acesso a esta opção de letura.

IMAGENS E ANEXOS

5.
INCLUIR UM DOCUMENTO (ou fotos) – Utilize este campo, que aparece no final da matéria após o salvamento , para inserir arquivos de documentos ou fotos no final do texto. Você terá a opção de dar título e legenda ao que for inserido.

6. FOTO DE DESTAQUE – A foto de capa deve ser primeiramente gravada no seu computador e, depois, inserida no campo LOGO DA MATÉRIA, à esquerda do artigo inserido (aparece após salvamento do artigo)

7. FOTO NO MEIO DO TEXTO – Clique à direita, no alto, no ícone Editar esta matéria e retorne à área de redação onde o texto foi inserido. À esquerda, no alto, clique em Inserir documento ou imagem e transfira os arquivos de seu interesse, já salvos em seu computador. A cada arquivo corresponderá um código, que deve ser inserido no texto, no local onde a imagem ou ícone deve aparecer. Trabalhe com tamanhos de arquivo apropriados para internet, ou a leitura de seu artigo ficará comprometida pelo excesso de peso do arquivo. Ao terminar esta fase de ilustração da matéria, clique novamente em Gravar, no final da área de inserção do texto

8. GALERIA DE IMAGENS – Para criar uma galeria de imagens, você pode trabalhar na primeira fase (inserindo arquivos na lateral esquerda e transferindo seus códigos para para o campo de texto), ou na segunda fase (após salvar o arquivo com título e descrição da galeria, utilize o campo inferior da área de trabalho para inserir uma sequência de fotos)

ENVIAR PARA EDITORES/AS

Agora que você inseriu seu texto ou galeria, anexos ou ilustrações que escolheu, está na hora de enviar o texto para publicação aberta. Procure à esquerda da área de trabalho, acima da imagem de capa que você transferiu, as opções de status da matéria: em redação, o texto continua em sua área de trabalho, por quanto tempo você quiser, até que o trabalho esteja concluido. Mas para publicar, mude isso. Clique no campo: Proposto para avaliação.

Você também poderá assumir a atividade editorial da Ciranda, na medida em que passar a colaborar de forma permanente, respeitando critérios de publicação e a Carta de Princípios do FSM, e participar das dinâmicas coletivas com demais editores/as, ajudando a organizar coberturas compartilhadas de eventos ou temas do processo FSM.

20 Mensagens

  • Como faço para participar 25 de junho de 2006 12:53, por Rapper Dinho K2, presidente do grupo cultural CLAM - Consciência Liberdade (...)

    Gostaria de participar deste momento glorioso para nós negros que lutamos há muito tempo por reconhecimento diante de uma cultura excludente e racista.
    Faço parte da cultura Hip-Hop e represento um grupo cultural em minha cidade.
    Por esse motivo gostaria de participar deste evento.

    Ver online : Site pessoal

    repondre message

  • Quero participar 7 de novembro de 2006 10:49, por vICTOR hUGO NEVES DE CARVALHO

    QUERO PARTICIPAR DESTA CIRANDA.

    repondre message

    • Quero participar 28 de junho de 2007 15:57, por JOSÉ AFONSO SIQUEIRA/ TIPO AFRO

      GRUPO PACTUS DO RAP

      O GRUPO FORMADO EM 1997.PASSANDO POR MODIFICAÇÕES COM O TEMPO
      FORMAÇÃO ATUAL: TIPO AFRO, SOMBRA E CRUEL
      ESTE É O PACTUS DO RAP.HOJE JA ESTÃO COM SEU 3ºCD NO MERCADO DEPOIS DE MUITA LUTA E DETERMINAÇÃO.FUNDADORES DA ONG OH2I(ORGANIZAÇÃO HIP HOP E CIA DE ITAPEVA)QUE TEM UMA FUNÇÃO SOCIAL SEM FINS LUCRATIVOS.
      ESTÃO TAMBÉM COM O PROJETO OFICINAS DE HIP HOP REALIZADAS TODOS OS SABADOS DAS 10 AS 14HORAS.NA ESTAÇÃO CULTURA. LEMBRANDO TAMBÉM QUE SÃO ORGANIZADORES DO ENCONTRO DE HIP HOP REGIONAL PELO 7ºANO CONSECUTIVO. OS ALIMENTOS ARRECADADOS NO EVENTO SERÃO DISTRIBUIDOS PELA ONG PARA ALGUMAS FAMILIAS CARENTES DE NOSSA CIDADE FAZENDO DISSO UMA DEMOSTRAÇÃO DE CIDADANIA. LEMBRANDO QUE O 7º ENCONTRO ASSIM COMO OS OUTROS É UM EVENTO NÃO COMPETITIVO QUE CONCISTE APENAS EM DIVULGAR OS GRUPOS DE NOSSA REGIÃO ATRAVES DE INTERCABIO CULTURAL

      TITULOS DE SEUS TRABALHOS

      1ºCD A FACE DO INTERIOR
      2ºCD PECADORES
      3º CD ACELDAMA- CAMPO DE SANGUE.

      repondre message

    • Quero participar 10 de setembro de 2007 10:02, por kathy

      "óla gostaria de participar desta ciranda,pois a violência contra mulher têm que acabar.
      têm mais ou menos 9 anos que vivo nesta violência, e sei o quanto isto é ruim, não sou casada,mas tenho um padrasto que bebe bebida alcoólica e agride minha mãe esta violência não da mais"

      Ver online : precisa acabar

      repondre message

    • Quero participar 17 de setembro de 2007 11:18, por camila

      Oi, meu nome é Camila, tenho 16 anos moro no município de poa no RS.
      Eu gostaria de relatar uma agressão que aconteceu comigo e também gostaria de saber quais providencias poderia tomar.
      No sábado do dia 15/09/07, fui a uma festa na rua g. João telles no fim da festa que terminou no dia 16/09/07, eu e minhas amigas estávamos esperando um táxi na esquina da rua João Teles com a Av. Osvaldo aranha havia vários policiais militares. Conforme as pessoas saiam da festa, eles empurravam-nas para que saíssem da rua e fossem para a Av. Osvaldo aranha. Um rapaz que atravessava a rua foi agredido pelos PMs o rapaz saiu então do meio da rua foi para a calçada onde disse aos PMs que não havia feito nada para eles, um dos PMs tentou bater com um cassetete no rapaz mas o mesmo se esquivou o PM começou a rir e falou " báh não acertei" (com ar de deboche), logo depois o PM bateu com o cassetete na mão do rapaz que segurava um copo, o copo voou e caiu a bebida encima de nós, sujou o casaco de uma das minhas amigas, eu não consegui ver algo tão grosseiro e ficar calada, então me virei e disse: "não é por que vocês são autoridades que podem fazer isto!", logo me virei e fui limpar o casaco de minha amiga, o PM que estava em uma motocicleta desceu veio em minha direção e me agrediu com um soco no lado esquerdo do rosto, dizendo que o que eu havia dito era desacato a autoridade, eu olhei para ele e disse que o que ele estava fazendo era abuso de autoridade, o rapaz que havia sido agredido se meteu na frente e disse que ele estava louco, os outros PMs o agrediram-no com cassetete dizendo para ele ir embora ele foi correndo e machucado, então o Pm veio para cima de mim novamente, colocou o dedo no meu rosto e disse que eu era uma vagabunda, mandou eu minha mãe e meu pai que nem estavam presentes se fuder! E disse que se meu pai não havia me dado educação ele ia me dar quebrando a minha cara! Eu fiquei possuída e comecei a gritar pedindo que ele me batesse então, pois eu naquele momento queria que ele me espancasse para que eu depois pudesse tomar alguma providencia, ele então se afastou um pouco e não disse mais nada os outros PMs chegaram mais perto e o afastaram.
      Um outro PM se aproximou de mim e disse em tom bem baixo para mim ir embora, para procurar meus direito pois eu os tinha, disse também que eu ficando ali só ia passar vergonha, e que o PM que havia me batido não ia me pedir desculpas, eu disse a ele que não queria as desculpas de seu colega e sim o seu nome, ele disse que não sabia o nome dele e que nenhum dos outros PMs iam me dizer, então eu perguntei se adiantava eu pegar o numero que estava expresso no paralama da moto na roda dianteira, ele ficou quieto e logo depois disse que ele só estava me dando um conselho, e reforçou para que eu saísse dali. Eu fui para o outro lado da avenida e fiquei tentando ver o numero da placa da moto dele, enquanto isso os PMs riam e imitavam o jeito que ele havia me batido, aquilo me corroeu por dentro mas o que eu ia fazer... ele esperou e saiu contra mão quando um carro passou e eu não consegui pegar a placa.
      O mais estranho foi que na hora que ele me bateu eu pensei em chamar a policia, mas era a policia que estava me agredindo e não estava só me agredindo e sim agredindo toda uma população, uma população que fica com medo de sair e deixar seus filhos saírem a noite por preocupação com assaltos e bandidos e no entanto fui agredida por quem deveria estar me protegendo, um policial militar. Não doeu tanto o soco que levei, o que mais me machucou foi enxergar que não existe mais policia e ladrão, que são poucos os policiais que honram a farda que festim ao invés de manipulala para uso próprio.

      Ver online : maria da penha.

      repondre message

      • Quero participar 19 de janeiro de 2008 18:16

        Simpatia para o amor
        São Cipriano Seu amado de volta Qr ter seu amor? vc quer seu amor ? qr ter seu amor de volta? cOmo ter sEu amOr dE vOltah traga seu amour de volta!!!!! Resolva isso!! Para trazer seu amor de volta Pelos poderes de SÃO CIPRIANO e das três malhas que vigiam São Cipriano, (NOME da pessoa ao qual se refere o pedido) virá agora, atrás de mim. (NOME) vai vir de rastos, apaixonada(o), cheia(o) de amor e tesão para ficar comigo para sempre e mais rápido possível. São Cipriano, terei esse poder, que (NOME) deixe de vez todas as outras pessoas e assuma para todos que me ama. São Cipriano, que (NOME) me procure a todo momento. HOJE E AGORA, desejando estar ao meu lado, que (NOME) tenha a certeza que eu sou o homem(mulher) perfeito para ela(e), e que (NOME) não possa mais viver sem mim, e me tenha sempre, tenha a minha imagem em seu pensamento todos os momentos. AGORA, COM QUEM ESTIVER, AONDE estiver,(NOME), irá parar, porque o pensamento dela(e) está em mim. E ao deitar que tenha sonhos comigo e acordar pense em mim e me deseje, ao comer pense em mim, ao andar pense em mim, a todo o momento dos seus dias tenha o pensamento em mim, que queira me ver, sentir meu cheiro, me tocar com amor, que a(o) (NOME) queira abraçar-me, beijar-me, cuidar de mim, proteger-me, amar-me nas 24 horas de todos os seus dias, fazendo assim com que me ame a cada dia mais e que sinta prazer somente por ouvir minha voz. SÃO CIPRIANO faça (NOME) sentir por mim um desejo fora do normal como nunca sentiu por outra e nunca sentirá. Que tenha prazer apenas comigo, que tenha tesão somente por mim, e que seu corpo só a mim pertença, que só tenha paz se estiver bem comigo. Agradeço por estar trabalhando em meu favor e vou divulgar SEU nome SÃO CIPRIANO em troca de amansar a(o) (NOME), e trazê-la(o) apaixonada(o), carinhosa(o), devotada(o), dedicada(o), fiel, e cheia(o) de desejos ao meus braços, para que assuma o nosso amor, nosso namoro, e o nosso compromisso o mais rápido possível. Divulgue

        repondre message

  • Quero participar da Ciranda 23 de novembro de 2007 17:09, por HENRIQUE JUNIOR

    Ola acho muito interessante o trabalho que é desenvolvido, sou o presidente da Associação Nacional do Turismo Afro Brasileiro -ANTAB e também da Etnic & Bussiness Consultoria.
    Quero estar participando porque acredito que poderei estar interagindo com muitas pessoas, e conhecendo também outras que atuem m diversos campos e que tenham a preocupação com a questão do negro no mercado de trabalho como eu tenho.
    Espero ser aceito e ter a oportunidade de difundir mais sobre o turismo étnico.

    Obrigado,

    Henrique Junior

    repondre message

    • Quero participar da Ciranda 25 de novembro de 2007 18:38, por joao olavo severo cardozo

      OI qeria algumas imformaçoes sobre direitos d nos negros pois recentiment fui humilhado pela policia .Qando entrentrava no banco no qal sou client . estou entrando com 1 processo contra , a policia e o banco qeria ajuda da ciranda . tenmho a primeira audiencia dia 17 d dezenbro . Desde ja agradeço .joao olvo severo cardozo

      repondre message

  • Quero participar 30 de maio de 2008 19:14, por Anápuáka Muniz Pataxó Hã-hã-hãe

    sou indigena e faço parte de rede de noticias indigenas, web radio brasil indigena e quero participar junto com vcs
    Anápuáka Muniz Pataxó Hã-hã-hãe (Etnia Tupinambá) - TI Pataxó Hã-hã-hãe - Aldeia Água Vermelha / Pau Brasil - BA
    TIC e Agente Cultural Indígena
    Rua 27, nº.330 fundos Bairro Santa Cruz
    Rio de Janeiro - RJ
    CEP:23.595-185
    (21) 3313.9424 (21) 8803.5550 (21) 8617.0413
    Visitem: http://webradiobrasilindigena.wordpress.com
    MSN:erickmuniz@ig.com.br
    GoogleTalk: anapuaka.indiosonline@gmail.com
    Skype: anapuakapataxo

    Ver online : Web Rádio Brasil Indigena

    repondre message

  • Quero participar 8 de julho de 2008 11:37, por nana

    oi eu adoro o yahoo e quero muito participar

    repondre message

    • Quero participar 15 de abril de 2009 20:49, por Ingrid rocha da silva

      Oi meu nome é Ingrid e gostaria de aprender a dançar hip hop, gostaria muito de aprender com vcs, eu acho muito legal o modo que vcs dançam e muito criativo.
      beijos xauuu.

      repondre message

    • Quero participar 13 de julho de 2009 10:26, por ivan afro yá

      pesquisando afrodimpacto pelo google uol ou mtv crianças
      ou projetos afrodimpacto voçê confere antiguidades e novidades da banda

      Ver online : movimento hip hop

      repondre message

  • Quero participar 13 de julho de 2009 10:22, por ivan afro yá

    deixo nossos contatos via melhores informações

    pesquisando afrodimpocto pelo site WWW.ESCUTA.ESTUDIOLIVRE.ORG

    voçê confere versões ragga zumbi do novo disco em andamento

    www.dada.net/afrodimpacto www.vibeflog.com/afrodimpacto

    afroya_e_dandae@hotmail.com

    Ver online : luta pela melhoria com boa mudança

    repondre message

  • Quero participar da radio 25 de julho de 2009 20:02, por igor ricardo

    quero participar muito dessa radio

    repondre message

  • Quero participar 15 de setembro de 2009 10:12, por Luahara

    Meu ex companheiro me agrediu e sob ameaças me forçou a manter relação com ele, fiz o B.O e exames no IML, ele será ouvido pq recebeu intimação, sei pouco de leis, mas gostaria de saber o que poderá acontecer com ele.Não reataremos mais o relacionamento, mas confesso que não gostaria de vê-lo preso pois sei que ele precisa mesmo é de tratamento e não de cadeia, pois o mesmo sofre de ciúme doentio, é algo que é mais forte que ele...Por favor esclareçam minha dúvida.Obrigadaaaaaaaaaa

    Ver online : Íntegra da Lei Maria da Penha

    repondre message

  • Cordelizando 17 de outubro de 2009 11:18, por Antonio Marcos bandeira

    Quero parabenizar
    Pela criatividade
    Pagina, coragem e crenca
    Em outra sociedade
    Sou artista e sou ator
    E ainda sou professor
    E palhaco com hombridade

    Meu nome Marcos Bandeira
    Sou ainda cordelista
    Sou professor de teatro
    Apenas um repentista
    da arte, da educacao
    Do prazer, da emocao
    Sou eternamente artista

    Contato? 85- 8735-8938

    repondre message

    • amoisatkm 22 de outubro de 2009 10:26, por lavinia

      quero dizer que continuem assim, bem estao fazendo muito sucesso
      bjks€

      repondre message

  • Quero participar 21 de fevereiro de 2010 10:02

    Quero um conselho!!!
    sou casada a 15 anos e meu marido tem uma amante a 6 anos e eu descobri e ele ficou muito bravo comigo e me agrediue esto gravida d tres mês qual é meus direitos. obrigado

    repondre message

Responder a esta matéria