Ciranda internacional da comunicação compartilhada

agrega noticias de parceiros parcerias da ciranda
Megaeventos geram violação de direitos de crianças e adolescentes

Para pensar ações de combate a essas violações de direitos de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo de 2014 foi criado o Comitê de Proteção Integral da Criança e do Adolescente para os Megaeventos Esportivos.

Recurso do Ministério Público Federal não impede a continuação das obras de Belo Monte

O Tribunal Regional Federal (TRF) da primeira Região autorizou o retorno das atividades do Consórcio Construtor Belo Monte na última sexta-feira (20).

Novos estádios da copa refletem mercantilização do futebol

A remodelação dos estádios que vão receber a Copa do Mundo de 2014 traz um novo paradigma para as tradicionais formas de torcer.

Pesquisas revelam dados alarmantes sobre os gastos para a copa de 2014

Dos 20 estádios mais caros do planeta, metade se encontra no Brasil. A constatação é de que nunca se gastou tanto em estádios como no Brasil nesses últimos anos.

Agenda

Prevenção de violência sexual contra crianças e adolescentes estará em pauta na capacitação do radiotube.org.br em Florianópolis. - Oficinas gratuitas de rádio, vídeo e internet com foco em cidadania na Região Sul

Amazônia - Fórum Social Pan-Amazônico

Pará - Seminário: Diretrizes da Educação Escolar Quilombola

Vídeos

Cuidado: Israel quer ocupar a sua timeline

Rádio

Galerias de Fotos

Cada um(a) fazendo a sua parte



Artes

Página inicial > FSM > FSM 2012/2013 > Rio terá ato em defesa da Lei de Meios da Argentina nesta sexta

Rio terá ato em defesa da Lei de Meios da Argentina nesta sexta

Argentina vive o 7D, prazo dado para os grupos de comunicação se enquadrarem

sexta-feira 7 de dezembro de 2012, por Deborah Moreira

Um dia antes do prazo, a Fintech Advisory, empresa que controla 40% das ações da Cablevisión, do Grupo Clarín, anunciou que pretende cumprir a Nova Lei de Meios da Argentina. Acompanhe os acontecimentos do chamado 7D a partir da cobertura do ComunicaSul.

Nesta sexta-feira, 7 de dezembro, os argentinos vivem a expectativa do prazo para que os grandes grupos de comunicação do país apresentem cronogramas para se ajustarem à Nova Lei de Meios. Neste dia, diversas mobilizações ocorrerão em apoio a medida que regulamenta a mídia argentina. No Rio de Janeiro, movimentos sociais preparam um Ato Público em Defesa da Lei de Meios, às 12h, em frente ao Consulado da Argentina (Praia de Botafogo).

Entre as entidades que promovem o ato está a Fale Rio, que representa o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) no estado fluminense. Para Theófilo Rodrigues, que também é diretor de Comunicação da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), as mobilizações em apoio à lei são importantes para sinalizar ao governo brasileiro a necessidade de um novo marco regulatório da comunicação brasileira.

"Além de ser um ato em apoio aos argentinos, é uma forma dos movimentos sociais sinalizarem, ao governo Dilma, que querem um novo marco regulatório", afirmou Rodrigues.

Também estão programados atos públicos em outras cidades brasileiras.

Abaixo, a convocatória feita aos movimentos sociais na rede social:

"No dia 7 de dezembro de 2012 todas as empresas Argentinas deverão se adequar ao marco regulatório criado pela Lei de Meios. Será uma data muito importante para todos que lutam pela democratização dos meios de comunicação.

Aqui no Brasil os movimentos sociais darão seu apoio para a Lei de Meios através de um ato político na frente do Consulado da Argentina, na Praia de Botafogo.

Todos que lutam pela liberdade de expressão estão convocados!"

Cobertura colaborativa

A Rede ComunicaSul Comunicação Colaborativa está na Argentina para cobrir o chamado 7D, neste 7 de dezembro, data limite concedida aos meios de comunicação que detêm mais veículos que o permitido pela nova Lei de Meios. Eles terão que se desfazer de parte de suas concessões. Os jornalistas Vanessa Silva e Leonardo Wexell Severo, acompanham no país vizinho as manifestações e atividades que serão realizadas no país.

Acompanhe pelo link ComunicaSul

Com informações do Vermelho

Responder a esta matéria