Ciranda internacional da comunicação compartilhada

agrega noticias de parceiros parcerias da ciranda
Megaeventos geram violação de direitos de crianças e adolescentes

Para pensar ações de combate a essas violações de direitos de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo de 2014 foi criado o Comitê de Proteção Integral da Criança e do Adolescente para os Megaeventos Esportivos.

Recurso do Ministério Público Federal não impede a continuação das obras de Belo Monte

O Tribunal Regional Federal (TRF) da primeira Região autorizou o retorno das atividades do Consórcio Construtor Belo Monte na última sexta-feira (20).

Novos estádios da copa refletem mercantilização do futebol

A remodelação dos estádios que vão receber a Copa do Mundo de 2014 traz um novo paradigma para as tradicionais formas de torcer.

Pesquisas revelam dados alarmantes sobre os gastos para a copa de 2014

Dos 20 estádios mais caros do planeta, metade se encontra no Brasil. A constatação é de que nunca se gastou tanto em estádios como no Brasil nesses últimos anos.

Página inicial > FSM > FSM 2012/2013 > Saúde ambiental: alerta sobre a pneumonia química em Santa Maria

Saúde ambiental: alerta sobre a pneumonia química em Santa Maria

quarta-feira 30 de janeiro de 2013, por Sucena Shkrada Resk

Os resultados trágicos do incêndio na casa noturna “Kiss” na cidade de Santa Maria, no último domingo, 27, trouxeram à tona a necessidade de esclarecimento sobre uma doença que pouco era comentada até agora. É a pneumonia química, decorrente da inalação de gases altamente tóxicos (monóxido e dióxido de carbono, dióxido de nitrogênio e de enxofre e material particulado) e que pode ter seus sintomas instalados em até três a cinco dias após a ocorrência, de acordo com especialistas. Chiado no peito, tosse, falta de ar e, em alguns casos, secreções rosadas (com fuligens) e dor de cabeça são as manifestações mais comuns.

A recomendação é que as pessoas que tenham passado por essa exposição sigam ao atendimento médico para acompanhamento, após o incidente (o ideal antes da apresentação dos sintomas). A prevenção é uma forma de evitar que nos casos positivos, o quadro inflamatório, que desencadeia a lesão, e os danos físicos aos tecidos da estrutura pulmonar evoluam para uma situação mais grave, que pode resultar, inclusive, em morte. Os tratamentos a que os pacientes são submetidos envolvem desde inalações, adoção de corticosteroides e, em situação mais graves, antibióticos, entre outros.

Hoje, de acordo boletins oficiais noticiados à tarde pela mídia, mais 20 frequentadores da boate foram hospitalizados, pois apresentaram os sintomas. Há uma retaguarda médica para a possibilidade de novos casos.

O pneumologista Hermano Albuquerque de Castro, da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), em entrevista à Agência Fiocruz de Notícias, esclarece que exposição também a solventes, entre outros produtos químicos podem desencadear a doença. Outras patologias podem estar associadas, como quadros hipertensivos e estresse pós-traumático.

Ver online : Blog Cidadãos do Mundo - jornalista Sucena Shkrada Resk

Responder a esta matéria