Ciranda internacional da comunicação compartilhada

agrega noticias de parceiros parcerias da ciranda
Megaeventos geram violação de direitos de crianças e adolescentes

Para pensar ações de combate a essas violações de direitos de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo de 2014 foi criado o Comitê de Proteção Integral da Criança e do Adolescente para os Megaeventos Esportivos.

Recurso do Ministério Público Federal não impede a continuação das obras de Belo Monte

O Tribunal Regional Federal (TRF) da primeira Região autorizou o retorno das atividades do Consórcio Construtor Belo Monte na última sexta-feira (20).

Novos estádios da copa refletem mercantilização do futebol

A remodelação dos estádios que vão receber a Copa do Mundo de 2014 traz um novo paradigma para as tradicionais formas de torcer.

Pesquisas revelam dados alarmantes sobre os gastos para a copa de 2014

Dos 20 estádios mais caros do planeta, metade se encontra no Brasil. A constatação é de que nunca se gastou tanto em estádios como no Brasil nesses últimos anos.

Agenda

Prevenção de violência sexual contra crianças e adolescentes estará em pauta na capacitação do radiotube.org.br em Florianópolis. - Oficinas gratuitas de rádio, vídeo e internet com foco em cidadania na Região Sul

Amazônia - Fórum Social Pan-Amazônico

Pará - Seminário: Diretrizes da Educação Escolar Quilombola

Vídeos

Cuidado: Israel quer ocupar a sua timeline

Rádio

Galerias de Fotos

Cada um(a) fazendo a sua parte



Artes

Página inicial > FSM > FSM 2012/2013 > BDS no FSM denuncia Orange

BDS no FSM denuncia Orange

domingo 17 de março de 2013

Todas as versões desta matéria: [français] [Português do Brasil]

Ao chegar em Tunes, recuse os chips Orange, empresa cúmplice da colonização e da ocupação israelense da Palestina

Foto: Orange instada dentro de uma colônia ilegal de Beitar Illit.– foto tirada em Janeiro de 2013

Como já é sabido, a campanha BDS internacional denuncia a a parceria feita entre a empresa France Télécom Orange com a empresa israelense Partner, para instalar linhas telefônicas a serviço das colônias e do exército dentro dos territórios ocupados da Palestina.
Pelo menos uma atividade do FSM tratará desta questão.

Organizadores foram informados das promoçôes das empresas de telefonia instaladas na Tunísia, entre as quais Orange, que consistirão em oferecer aos visitantes, na chegada ao aeroporto de Tunes, dos chips de celular, com algumas horas de chamadas gratuitas.

Por isso, há um chamado a todos(as) militantes e participantes do FSM para que denunciem o envolvimento da Orange com a colonização israelense.

A organização informa aos miitantes e participantes do FSM que foi feito um acordo com a Tunísia Télécom para que chips gratuitos sejam oferecidos aos participantes do FSM.

A proposta é:

1) transmitir a mensagem a todos os participantes, conhecidos, listas e sites.

2) organizar ou participar dos protestos no aeroporto, com um papel (cartaz ou folheto) explicando esta ação. O teor a mensagem é simples: "Orange assinou acordo de parceria com a empresa israelense Parner, que instala os serviços telefônicos para os soldados e colonos israelenses dentro dos terristórios palestinos ocupados desde 1967. Nos recusamos a usar os chips Orange, cúmplices da colonização e da ocupação israelense da Palestina".

OU, em francês: "Orange a signé un partenariat avec la société israélienne Partner, qui installe des relais téléphoniques pour l’armée et les colons israéliens dans les territoires palestiniens occupés depuis 1967. Nous refusons d’utiliser des puces Orange, complices de la colonisation et de l’occupation israélienne de la Palestine."

Ver online : FSM - Tunis de 26 de 30 Março 2013

Responder a esta matéria