Ciranda internacional da comunicação compartilhada

agrega noticias de parceiros parcerias da ciranda
Megaeventos geram violação de direitos de crianças e adolescentes

Para pensar ações de combate a essas violações de direitos de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo de 2014 foi criado o Comitê de Proteção Integral da Criança e do Adolescente para os Megaeventos Esportivos.

Recurso do Ministério Público Federal não impede a continuação das obras de Belo Monte

O Tribunal Regional Federal (TRF) da primeira Região autorizou o retorno das atividades do Consórcio Construtor Belo Monte na última sexta-feira (20).

Novos estádios da copa refletem mercantilização do futebol

A remodelação dos estádios que vão receber a Copa do Mundo de 2014 traz um novo paradigma para as tradicionais formas de torcer.

Pesquisas revelam dados alarmantes sobre os gastos para a copa de 2014

Dos 20 estádios mais caros do planeta, metade se encontra no Brasil. A constatação é de que nunca se gastou tanto em estádios como no Brasil nesses últimos anos.

Página inicial > FSM > FSM 2012/2013 > Duas novas conselheiras para a EBC

Duas novas conselheiras para a EBC

segunda-feira 15 de abril de 2013

Representando a sociedade civil e o movimento pela democratização da comunicação, Rita Freire e Rosane Bertotti assumem vagas no Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação

Após um longo processo de consultas à sociedade civil, que passou por indicações dos movimentos pela democratização da comunicação, feminista e sindical, duas novas conselheiras foram nomeadas pela Presidenta Dilma Roussef e assumem nesta quarta-feira (17) as cadeiras no Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Rosane Bertotti é sindicalista e coordenadora Geral do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) e acredita que o principal papel de um conselheiro é “compreender que a EBC é uma empresa pública e defender que esta zele por princípios públicos, oferecendo um bem público diferenciado da lógica mercantil”. Segundo ela, o principal debate hoje para o conselho deve ser sobre a garantia de uma “comunicação pública independente do governo com orçamento próprio”.

Rita Freire, é gestora da rede Ciranda e da Associação Internacional de Comunicação Compartilhada, organizações que atuam na cobertura dos movimentos sociais e do Fórum Social Mundial. Ambas foram indicadas pelo FNDC e também pelas organizações do movimento de mulheres, após uma consulta interna da rede Mulher e Mídia que discute comunicação e gênero no Brasil.

Posteriormente, uma lista de nomes foi encaminhada pelo Conselho Curador à Presidenta Dilma, com uma grande maioria de votos dos atuais conselheiros para as duas candidatas.

Freire acredita que a empresa pública deve assegurar espaço para debater o conjunto da comunicação brasileira com a sociedade, além de aprimorar seu papel de mídia pública, que não é porta-voz de governos nem deve se basear nos padrões midiáticos criados pelo mercado. É um novo mundo da comunicação a ser construído pela população brasileira, quer nas leis reguladoras quer nas experiências e modelos públicos.

As novas conselheiras tomarão posse na 44ª Reunião Ordinária do Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), dia 17, quando estão previstas discussões sobre as relações da EBC com o Governo Federal, iniciadas no último Roteiro de Debates. Durante o evento, também serão apresentados os Relatórios Ouvidoria referentes ao último trimestre.

Com informações do Conselho Curador da EBC

Responder a esta matéria