Ciranda internacional da comunicação compartilhada

agrega noticias de parceiros parcerias da ciranda
Megaeventos geram violação de direitos de crianças e adolescentes

Para pensar ações de combate a essas violações de direitos de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo de 2014 foi criado o Comitê de Proteção Integral da Criança e do Adolescente para os Megaeventos Esportivos.

Recurso do Ministério Público Federal não impede a continuação das obras de Belo Monte

O Tribunal Regional Federal (TRF) da primeira Região autorizou o retorno das atividades do Consórcio Construtor Belo Monte na última sexta-feira (20).

Novos estádios da copa refletem mercantilização do futebol

A remodelação dos estádios que vão receber a Copa do Mundo de 2014 traz um novo paradigma para as tradicionais formas de torcer.

Pesquisas revelam dados alarmantes sobre os gastos para a copa de 2014

Dos 20 estádios mais caros do planeta, metade se encontra no Brasil. A constatação é de que nunca se gastou tanto em estádios como no Brasil nesses últimos anos.

Agenda

Pará - Roda de conversa - Mulher Negra na Amazônia: Que dasafio é esse?

Prevenção de violência sexual contra crianças e adolescentes estará em pauta na capacitação do radiotube.org.br em Florianópolis. - Oficinas gratuitas de rádio, vídeo e internet com foco em cidadania na Região Sul

Amazônia - Fórum Social Pan-Amazônico

Vídeos

Cuidado: Israel quer ocupar a sua timeline

Rádio

Galerias de Fotos

Cada um(a) fazendo a sua parte



Artes

Página inicial > FSM > FSM 2012/2013 > Mulheres de 48 países realizam manifestação neste sábado

Mulheres de 48 países realizam manifestação neste sábado

sexta-feira 30 de agosto de 2013

Ação marca encerramento do Encontro Internacional da Marcha Mundial das Mulheres. A concentração está marcada para as 14 horas, em frente ao MASP, na Avenida Paulista.

Durante toda a semana, mulheres de 48 países estão reunidas no Memorial da América Latina debatendo questões relacionadas à luta das mulheres em todo o mundo, no 9º Encontro Internacional da Marcha Mundial das Mulheres. Dia 31, sábado, o evento termina com uma manifestação que começa no vão do MASP, na Avenida Paulista, e termina na praça da República, com shows da cantora pernambucana Karina Buhr, das rappers cubanas Krudas Cubensi e do grupo de forró brasiliense Chinelo de Couro.

Através de debates, oficinas, shows e intervenções urbanas, as mulheres de todas as idades e diferentes realidades puderam pensar o movimento, suas ações no mundo, as problemáticas que enfrenta e possibilidades de soluções. Neste sábado, as ativistas vão para as ruas de São Paulo reafirmar a atualidade de sua luta internacionalmente. A manifestação tem como tema Feminismo em Marcha para Mudar o Mundo.

O Encontro Internacional da MMM

Esta edição do Encontro Internacional da MMM, além de ser a oportunidade de encontro de militantes do movimento de todas as partes do mundo para importantes formações e deliberações, será um momento especial para o Brasil.

O país sedia pela primeira vez esse evento, dando um salto em suas proporções, que contava até a última edição com algumas centenas de participantes.

Também será o momento de encerramento de um ciclo. Durante o Encontro, será eleita a nova composição do Secretariado Internacional da Marcha. O grupo do Brasil, que tem estado à frente do movimento mundial nos últimos anos, terá sua sucessão definida. A gestão brasileira passa o bastão tendo alcançado diversas realizações e conquistas.

“Foram sete anos nessa missão, com várias ações internacionais, com uma conjuntura que se complicou ainda mais, marcada pela crise geral do sistema e o recrudescimento dos ataques conservadores. Faremos um balanço desse período que vai nos fortalecer para o que venha adiante”, conta Miriam Nobre, coordenadora do Secretariado Internacional da MMM.

Sobre a MMM

A Marcha Mundial das Mulheres é um movimento feminista internacional que surgiu no ano 2000 como uma grande mobilização que reuniu mulheres do mundo todo em uma campanha contra a pobreza e a violência. Atualmente, a MMM está organizada em mais de 150 países e territórios. Entre seus princípios estão a organização das mulheres urbanas e rurais a partir da base e as alianças com movimentos sociais. A Marcha defende a visão de que as mulheres são sujeitos ativos na luta pela transformação de suas vidas, e que essa transformação está vinculada à necessidade de superar o sistema capitalista patriarcal, racista, homofóbico e destruidor do meio ambiente.

Exposição Feminismo em Marcha

Inaugurada na ocasião do 9º Encontro Internacional da Marcha Mundial das Mulheres, a exposição Feminismo em Marcha está aberta para visitação na Galeria Olido, até o dia 30 de setembro. Contendo projeções, fotografias e materiais históricos, a exposição apresenta a trajetória, ações e principais temáticas abordadas pela Marcha Mundial das Mulheres em 62 países.

9º Encontro Internacional da Marcha Mundial de Mulheres

25/08 a 31/08 em São Paulo, SP

Organização: Secretariado Internacional da Marcha Mundial de Mulheres

Programação do evento: WWW.marchamundialdasmulheres.org.br

Acompanhe nossa fanpage: WWW.facebook.com/marchamundialdasmulheres

Responder a esta matéria