Página inicial > BRASIL > Dia 196 (559) - Ano 2 - Recordes de letalidade e indolência

Dia 196 (559) - Ano 2 - Recordes de letalidade e indolência

terça-feira 14 de julho de 2020, por Fátima Froes,

O braço armado dos governos estaduais, racista e genocida, continua tentando matar trabalhadores frente às câmeras

Imagem: Marcelo Camargo/ABr

PNG - 44.9 KB

1. Eleito e mantido no poder pelas mentiras, o indolente capitão recorre sistematicamente a polêmicas vazias para criar armadilhas e atingir o toptrending da justiça. A suposta descriminalização da pedofilia foi a tarefa da vez, desenvolvida por sua antiética equipe de propaganda para alçar o indolente, que não busca soluções para o país e para a vida real da população, ao topo da publicidade. Com o apoio total do twitter, que não pune as fake news.

2. O braço armado dos governos estaduais, racista e genocida, continua tentando matar trabalhadores frente às câmeras no que mais parece ser uma gincana insensível e macabra (Jornal Brasil 247). Instigados pelas respostas antirracistas, ficam mais violentos e aumentam a escalada de performances criminosas, afrontam e marcam posição para a mídia.

3. O país bate recordes de morte passando por sua semana mais letal.

  1. Confira todas as colunas:

Diário Não Oficial do Brasil