Página inicial > BRASIL > Educação Pública Brasileira: vencemos a partida, mas não o Campeonato!

Educação Pública Brasileira: vencemos a partida, mas não o Campeonato!

terça-feira 28 de julho de 2020, por Paula Arcoverde Cavalcanti ,

Devemos manter atenção no técnico, na comissão, nos jogadores, nas manobras, nas táticas entre uma partida e outra .... e no jogo!

Esta coluna traz reflexões acerca do último jogo da Política Educacional Brasileira: o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização do Magistério (FUNDEB) não sofreu “falta grave”!

No entanto, essas reflexões, não acontecem somente a partir disso, mesmo porque isso faz parte de qualquer partida, e sim, pelo fato de que: partida vencida não significa campeonato ganho! FUNDEB aprovado, não significa que será implementado!

O técnico acionou a sua comissão, seus jogadores com o propósito de fazer ‘falta grave’ no principal jogador do time adversário: a Educação Pública Brasileira! Não conseguiram por enquanto!

Ganhamos com folga no placar... Teve disputa pesada, teve gritaria, teve ‘jogo sujo’!
Teve torcida, teve choro, teve confusão, teve falta! Ganhamos com folga no placar...
Como em um campeonato, todos os outros times também estão jogando, vencendo, perdendo ou empatando... Então, além do time ter que se preocupar com suas estratégias, seus jogadores etc., ele também tem que ficar de ‘olho’ nos times adversários... No final vence aquele que tiver mais pontos!

O jogo será cada vez mais pesado, e as partidas cada vez mais disputadas devido a importância do adversário... Todos sabem que muitas partidas ainda irão ocorrer...
Em relação a capacidade de um time vencer, alguns dizem que os jogadores são os mais importantes... Outros dizem que o técnico e a comissão são os que garantem a vitória, pois são capazes de traçar estratégias aproveitando os melhores atributos de cada jogador... Outros dizem que o time deve ter um bom técnico e excelentes jogadores! Enfim, todos sabem e ninguém sabe...

O fato de o FUNDEB não ter sofrido ‘falta grave’, não significa que a Educação Pública Brasileira tenha vencido o campeonato! Significa apenas que ganhou uma partida! Então, como garantir que o FUNDEB seja implementado? Então, o que é necessário para que o time vença o campeonato? Entre o que foi aprovado e o que será implementado terá muita disputa... terá muitas partidas...

As próximas partidas são tão importantes quanto a que foi ganha recentemente! E, não podemos ser o time que ‘conta e canta’ a vitória antes do tempo! Há muitas partidas a serem vencidas...

As próximas partidas são importantes para qualquer time! Vai ter jogo em 2020, 2021, 2022...! Com substituição de técnico ou não! Com torcida organizada ou não! Com substituição de jogador ou não! Com chuva ou com sol!

Então, vamos a máxima...

Nenhum time joga para perder, o importante sempre será vencer! As estratégias, as jogadas, podem não fazer sentido para o outro, mas sempre tem algum motivo! Sempre tem algum ‘lucro’! Nem que seja o de ‘poupar os jogadores’ para que estejam descansados para a próxima partida!

Ainda não fizeram uma ‘falta grave’ no principal jogador, mas não significa que desistiram!

Devemos manter atenção no técnico, na comissão, nos jogadores, nas manobras, nas táticas entre uma partida e outra .... e no jogo!

imagem: TV Câmara

Artigos assinados não expressam necessariamente a opinião da Ciranda e são da responsabilidade de seus autores(as).

Leia todas as colunas

Paula Arcoverde Cavalcanti