Página inicial > BRASIL > Vilma Reis é a representação preta do seu povo

Vilma Reis é a representação preta do seu povo

quarta-feira 25 de novembro de 2020, por Franklim Peixinho,

Vilma Reis expressa a necessidade de tomada do espaço de poder concentrado em pessoas brancas, e inclusive no campo da esquerda progressistas

No jogo político e de acesso de poder nós povo preto temos muito a caminhar para que as coisas reflitam democraticamente a configuração étnico-racial, a julgar pelas fraudes de brancos se declarando negros nas eleições de 2020, a utilização da máquina financeira pelos partidos nas candidaturas brancas, e as melhores condições de ponto de partidas de onde partem as pessoas brancas.

Contudo, enxergamos o despontar de lideranças políticas, como a da mulher preta Vilma Reis, socióloga, mestra em Ciências Sociais, ativista e defensora dos Direitos Humanos, e membro fundador do Coletivo Luiza Mahin. No ano de 2019, se alentou uma candidatura preta para a cidade de Salvador, e Vilma Reis é a representação de uma configuração de cidade que apresenta 85% de pessoas pretas, e um estado como o maior percentual de pessoas pretas e que possui três homens brancos no senado.

Vilma Reis expressa a necessidade de tomada do espaço de poder concentrado em pessoas brancas, e inclusive no campo da esquerda progressistas, de forma que aliados não sejam porta-vozes de sujeitos legítimos e com direito de fala sobre sua própria realidade e existência.

Reis sentencia que: “Nós não podemos aceitar que 15% de representação branca da cidade de Salvador, e os homens brancos que são uma minoria entre os brancos, tenham a hegemonia na representação da nossa cidade. Nós, do movimento de mulheres negras, em um ato de desobediência colonial e patriarcal, decidimos interromper essa hegemonia absoluta”.

A esquerda brasileira tem no movimento negro uma inegável força política que sustentou a conquista de espaços de pode inclusive pela branquitude neste campo, de forma que o movimento negro, por meio de suas personalidades militantes, não pode aguardar momentos ‘’ideais’’, já que nosso ‘‘tempo é agora’’, como referencia a obra da Ialorixá Stela de Oxossi.

Vilma Reis além de militante e figura política do povo preto é pesquisadora que discute a letalidade sobre corpos negros nas políticas de segurança pública, encarceramento e política de drogas no Brasil, como as ilações trazidas em sua dissertação de mestrado ‘‘Atucaiados pelo Estado‘’, em que analisa ‘‘As políticas de segurança pública implementadas nos bairros populares de Salvador, entre os anos 1991 a 2001’’.

Vilma Reis representa uma política social pensada para todos com equidade e inclusão social.

Imagem: montagem Ciranda.net (Vilma Reis Vilma Reis)

  1. Confira todas as colunas:

Pedrinha Miudinha com Franklim Peixinho

Artigos assinados não expressam necessariamente a opinião da Ciranda e são da responsabilidade de seus autores(as).