Página inicial > Ciranda Mundi > Oposição nega envolvimento com presos em Oaxaca

Oposição nega envolvimento com presos em Oaxaca

domingo 4 de julho de 2010, por Lúcia Rodrigues,

A polícia de Oaxaca prendeu 39 pessoas no Hotel Gala, localizado no centro histórico da cidade. Eles são acusados de portar armas de fogo, coquetéis molotov e maconha em grande quantidade e de serem militantes do Partido Revolucionário Democrático, uma das quatro agremiações que compõem a coalizão de oposição ao governo priista, que governa o Estado ha 80 anos.

O senador do PRD, Graco Ramirez, negou que os detidos tenham qualquer ligação com o partido, maior agremiação de esquerda do país. E atribuiu a detenção das 39 pessoas ao governador de Oaxaca, Ulises Ruiz. "Isso é clássico de Ulises. É um provocador." Ele revelou também que a proprietária do hotel é Beatriz Rodrigues, que disputa a prefeitura da capital pelo PRI, de direita.

Ramirez destacou ainda que apesar das ameaças e do clima de terror instalado no Estado, as eleições transcorreram sem maiores incidentes. Segundo ele, o PRI terá de respeitar a vontade popular. "Chegou a hora da democracia em Oaxaca. Que não tentem nada contra isso", frisou referindo-se a Ruiz e a seu candidato Eviel Perez Magaña.

Faltando pouco menos de uma hora para o fechamento das urnas, nenhuma pesquisa de boca de urna foi divulgada. Mas os ativistas da coalizão oposicionistas afirmam que Gabino Cue, candidato ao governo do Estado vencerá a eleição com uma diferença de 5%.

www.carosamigos.com.br

"Cobertura compartilhada com a Ciranda Oaxaca Urgente"
http://www.ciranda.net/mot/oaxaca-urgente


Ver online : enviada especial da Caros Amigos a Oaxaca