Página inicial > Ciranda Mundi > Américas > Entidades brasileiras promovem ato em defesa da democracia no (...)

Entidades brasileiras promovem ato em defesa da democracia no Equador

sexta-feira 1º de outubro de 2010, por Maria Mello,

Movimentos sociais, sindicais e estudantis brasileiros promovem, na tarde desta sexta-feira (1/10), um ato em defesa da democracia no Equador e contra as ameaças de golpes.

A atividade, prevista para começar às 15h, em frente ao consulado equatoriano em São Paulo (veja endereço abaixo), pretende rechaçar a intenção golpista de sublevação da polícia nacional, que utiliza reivindicações sindicais para tomar com violência quartéis policiais.

Participam do ato MST, Via Campesina, CUT, CTB, Assembleia Popular, CMS e Consulta Popular, entre outras entidades.

Depois, os golpistas se recusaram a dialogar com o governo, provocando instabilidade na ordem constitucional.

“Expressamos nossa solidariedade e reafirmamos nosso compromisso com a luta constante pela defesa da democracia no Equador, que nesta quinta-feira, 30 de setembro, se viu afetada pelas Forças Armadas, a Embaixada dos Estados Unidos e outros setores de direita, que priorizam seus interesses mesquinhos frente às necessidades reais do povo”, afirmou a Via Campesina, em nota divulgada nesta quinta-feira.

As organizações promotoras do ato em São Paulo convocam os movimentos sociais de todo o continente latino-americano a expressar seu respaldo ao povo e ao governo equatoriano, com mobilização em embaixadas e consulados.

O consulado do Equador em São Paulo fica na Rua Funchal, 411 - conj. 34 - Vila Olímpia.


Ver online : http://www.mst.org.br/Entidades-pro...