Página inicial > BRASIL > Comunicação > Código de ética de quem não tem ética

Código de ética de quem não tem ética

segunda-feira 15 de agosto de 2011, por Mario Augusto Jakobskind,

A cara de pau da Rede Globo em divulgar, há poucos dias e fartamente, seu "código de ética", tem gerado muitas críticas. Apresentado em todos os seus veículos, os jornalistas e comunicadores não se cansam de apontar incoerências históricas e cotidianas.

Código de Ética das Organizações Globo, divulgado em três páginas no jornal O Globo e demais publicações do grupo é um documento sem o mínimo valor, porque diariamente este grupo jornalístico manipula informação demonstrando total falta de ética, como assinala o blogueiro Luis Carlos Azenha, que publicou informação segundo a qual a TV Globo recebeu orientação no sentido de baixar o pau no Ministro Celso Amorim.

E não é de hoje que as Organizações Globo estão vinculadas aos espectros políticos brasileiros mais à direita. Quem quiser pesquisar encontrará ao longo dos anos editoriais e comentários de articulistas pregando golpes. Foi assim em 1954 contra Getúlio Vargas, quando o jornal O Globo e a rádio do mesmo nome se somaram às forças responsáveis pela tentativa de golpe que culminou com o suicídio de Vargas. A TV estava começando e não tinha a força de hoje.

Roberto Marinho apoiou Juarez Távora contra Juscelino. Mais uma vez o jornal da referida família apoiou um golpe de estado como o de 1 de abril de 1964. Quando surgiu a TV Globo, no bojo da ilegalidade que representou o financiamento do grupo Time Life, a emissora portou-se como uma espécie de porta-voz dos governos ditatoriais e assim sucessivamente. Muitos analistas chegaram a considerar O Globo como uma espécie de Pravda brasileiro.

E agora, na tentativa de enganar incautos, aparece com um Código de Ética na base de belas palavras e sem efeitos práticos. Muitos se perguntam: qual o motivo da divulgação do Código agora? É que a mídia de mercado está cada vez mais desacreditada e o que aconteceu na Inglaterra com o esquema Rupert Murdoch tem deixado até mesmo tradicionais leitores de O Globo com a pulga atrás da orelha.

O Globo, como não poderia deixar de ser está vinculado à Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), junto com outros proprietários de jornais do continente, entre os quais o El Mercurio, do Chile, que participou ativamente da derrubada do presidente constitucional Salvador Allende, tendo por isso recebido da CIA 1,5 milhão de dólares, como comprovam os arquivos implacáveis da inteligência já liberados.

Por estas e muitas outras as Organizações Globo necessitam apresentar com a máxima ênfase um Código de Ética que é encarado até com humor por alguns que acompanham a manipulação da informação que o grupo realiza nas mais diversas mídias.


Ver online : Patria Latina