Página inicial > BRASIL > O neoliberalismo contra a parede

O neoliberalismo contra a parede

segunda-feira 12 de setembro de 2011, por Hamilton Octavio de Souza,

Caros Amigos apura e mostra os interesses por trás do Itaquerão, as responsabilidades pelos apagões, as cobranças em torno da Comissão da Verdade, além de trazer reportagem sobre a rebeldia chilena, entrevistas com o professor Lincoln Secco, sobre a história do PT e como intelectual cubano Carlos Moore, sobre o músico nigeriano Fela Kuti, além de um perfil de Jacob Gorender, escrito por Mario Maestri.

A nova edição da Caros Amigos está de arrebentar. Não deixamos por menos: ao contrário de quase toda a mídia brasileira, que se conformou com as maracutaias embutidas na construção do novo estádio do Corinthians, nós mostramos os verdadeiros interesses por trás do Itaquerão, desde a especulação imobiliária, a “higienização” do bairro, até a escandalosa transferência do dinheiro público para a construtora Odebrecht.

Outra reportagem vai fundo na apuração dos apagões de energia elétrica, uma ocorrência cada vez mais freqüente (e de maior duração) em todo o País. Caros Amigos mostra que a privatização do setor, o descaso das empresas concessionárias (ausência de investimentos e de manutenção) e a omissão da agência fiscalizadora são responsáveis pelo agravamento da situação e por todos os danos que causam à população.

A reportagem da revista pega no pé do governo e do Congresso Nacional sobre a Comissão da Verdade, prometida desde o ano passado, e que não contempla as reivindicações das entidades de direitos humanos, das vítimas e dos familiares das vítimas da Ditadura Militar (1964-1985). Caros Amigos abre espaço para todos os que defendem a apuração da verdade, a responsabilização e a punição dos culpados pela violência do Estado. Não faz o menor sentido compactuar com os crimes de lesa-humanidade.

A Caros Amigos acompanhou, em Santiago, no Chile, as grandes manifestações dos estudantes (e de outros setores da sociedade) na defesa do ensino público, gratuito e de qualidade. Eles questionam nas ruas o modelo neoliberal, adotado aqui e em muitos países. Contamos o que querem os estudantes chilenos nessa retomada das lutas sociais no país de Salvador Allende.

Caros Amigos publica duas ótimas entrevistas: uma com o professor Lincoln Secco, que lançou livro sobre a história do PT; e outra com o intelectual cubano Carlos Moore, que fala sobre o músico nigeriano Fela Kuti. Temos também um perfil do teórico marxista Jacob Gorender, escrito pelo professor e historiador Mario Maestri.

Outras reportagens e artigos complementam essa edição da revista – um trabalho jornalístico da melhor qualidade. Não deixe de ler.

Abraços.

Hamilton Octavio de Souza

Editor.

P.S. - Veja abaixo a capa e o sumário.