Página inicial > BRASIL > Comunicação > Grupo MiL Baianas mobiliza atividades rumo ao I Fórum de Mídias Livres da (...)

Grupo MiL Baianas mobiliza atividades rumo ao I Fórum de Mídias Livres da Bahia

segunda-feira 11 de junho de 2018, por Lili Rubin, Mil Baianas,

Começam diálogos para a construção de um Fórum de Mídia Livre da Bahia, com indicativo de Andaraí, na Chapada Diamantina. Acompanhe Mil Baianas - Rede de Mídia Livre da Bahia

Na última quarta-feira (6/6), o grupo de trabalho da Rede de Mídias Livres Baianas (MiL Baianas) reuniu-se na Faculdade de Economia da UFBA para dar seguimento às articulações de comunicação compartilhada. Foram propostas e discutidas a difusão da agenda de mobilizações sociais e culturais nas plataformas da rede, a produção de notícias e reportagens com pautas estaduais, a realização de atividades em educomunicação, o cadastro online de coletivos e/ou midialivristas, entre outras iniciativas que visam fomentar diálogos e ações entre pessoas que atuam e querem fortalecer a comunicação alternativa, comunitária e sindical.

Outro objetivo da rede é construir um encontro estadual, o Fórum de Mídias Livres da Bahia - FMIL BA - com indicativo de etapa já no mês de novembro, na cidade de Andaraí, convergindo diversos eixos temáticos (Comunicação, regulações e tecnologias; Mídias livres, papel e sustentabilidade; Vozes e Diversidade contra o discurso do ódio... etc), sendo fundamentado na Carta de Mundial da Mídia Livre. O FMil será voltado a debater o papel da comunicação no fortalecimento da sociedade, políticas públicas necessárias, além de apoiar a construção de novas estratégias para atuação na cena midiática, da Bahia e do Brasil. Uma das propostas para a rede Mil Baianas é focalizar a relação entre comunicação e cultura em políticas públicas que alcancem o setor, com a promoção de oficinas práticas no FMil sobre a participação em ferramentas de governança eletrônica e a apropriação da cultura digital.

JPEG - 16.1 KB
Instalação da Rede Mil Baianas, em abril de 2018.
Grupo inicial formou-se na cobertura compartilhada do FSM 2018, em março de 2018, em Salvador, Bahia.

 

As mídias livres são apontadas pelo Fórum Mundial de Mídia Livre como o conjunto de pessoas e iniciativas promotoras e defensoras de formas inclusivas e participativas de comunicação, e que têm em comum a construção de novas práticas e narrativas, o combate à mercantilização da informação assim como o combate ao discurso de ódio nas redes sociais e nos meios de comunicação em geral. O tema é caro à sociedade baiana, que se levanta contra o racismo, a LGBTQIfobofia, a intolerância religiosa e o machismo, e procura dar vozes à sua diversidade histórica, cultural e social.

Como seguimento do processo, no dia 05/07, às 18h, na sala 306 da Faculdade de Economia - UFBA (Praça da Piedade - Salvador), a Rede MiL Baianas convida para um novo encontro, com o propósito de construir uma carta de intenções, que para além de ser difundida nos meios de comunicação alternativa, também sirva para ser apresentada nos espaços de consulta a população, promovidos no período de campanha eleitoral. Visando pautar a comunicação livre e emancipatória também no âmbito político estatal.

Acompanhe Mil Baianas - Rede de Mídia Livre da Bahia

Card da convocatória:


Ver online : Portal MiL Baianas