Página inicial > BRASIL > Diário Não Oficial do Brasil - Dia 76/365

Diário Não Oficial do Brasil - Dia 76/365

domingo 17 de março de 2019, por Fátima Froes,

58º dia de blindagem do Bolsofilho, Nenhuma notícia de Queiroz.200 mortos e 108 desaparecidos no crime de Brumadinho. Fábio Schvartsmann continua impune. Hoje mais uma cidade foi evacuada, sob risco de ser atingida pelas ações criminosas da Vale, que foi privatizada por FHC.

1. O projeto de governo que o Brasil do ódio optou por enviar ao planalto, com base na ausência total de debates, e no ódio plantado pela mídia, e pelo midiático juiz cabo eleitoral, tem essa figura execrável no ministério da economia.

2. O atual ministro pega o mais falido e genocida dos modelos de previdência e tenta aplicar ao Brasil, comprando deputados para que votem nesse projeto. A compra de deputados é clara, tem áudios, tem provas.

3. Paulo Guedes nunca fez um pronunciamento sobre recuperar o dinheiro devido à previdência ou aos fundos. A proposta é feita com a autoridade moral de quem é acusado de desaparecer com 22 milhões da previdência dos funcionários da Caixa. Embora diante das mágicas do marreco de Maringá, e das transações com dinheiro de Cunha, de Geddel, e de Yousseff, seja quase um amador.

4. E como março é mês de liquidação, liquidou 12 aeroportos. Uma estatal espanhola, que é visionária e entende de economia, aproveitou a pechincha oferecida pelo ministro.

5. Quem sai ganhando com a transação? Certamente não é o país, que vai ficar com um troquinho sem projeto. Esse dinheiro será gasto em que? Cartão corporativo para o presidente eleito e a primeira dama, ou talvez ajudar Olavo de Carvalho a pagar as dívidas dele, ou, quem sabe, financiar passeios de empregados do MEC.

Confira as todas as colunas:
Diário Não Oficial do Brasil