Página inicial > BRASIL > Diário Não Oficial do Brasil - Dia 125/365

Diário Não Oficial do Brasil - Dia 125/365

domingo 5 de maio de 2019, por Fátima Froes,

UFBA e o desmonte do ensino, pesquisa e extensão no país

105º dia de blindagem do bolsofilho. Queiroz desaparecido, mas novos assessores fantasmas surgem na bolsofamília. 05 assessores do presidente eleito, quando deputado, também nunca foram trabalhar. E o suspeito do assassinato de Marielle, foragido, não está sendo procurado por ninguém.

Fábio Schartsmann da Vale continua livre. 233 mortos e 37 desaparecidos no crime em Brumadinho.

1. A Rede TV entrevista o presidente Lula mas não exibe. De acordo com o jornal Brasil 247, a decisão surge no momento que o governo distribui verbas publicitárias para grupos de comunicação com o foco na reforma da previdência. E o desmonte das universidades faz parte do sistema de chantagem.

2. O desmonte do ensino, pesquisa e extensão no país, como chantagem para realizar o genocídio da população brasileira, eu gostaria de dedicar esse diário de hoje a uma velha senhora de mais de 70 anos, a Universidade Federal da Bahia.

3. Não foi a primeira universidade do país, mas a primeira faculdade, a Faculdade de Medicina nasceu aqui, como Escola de Cirurgia. Assim como pretende o governo atual, a corte portuguesa não autorizava a formação dos brasileiros. Tinham que ser subjugados. A faculdade nasceu na vanguarda, em 1808, no período que a corte portuguesa apareceu nessa praça. Tem muitas unidades vinculadas, especialmente o Hospital das Clínicas, que presta grandes serviços à população. A área de pesquisa é responsável pelo isolamento do zika vírus, por exemplo.

4. Como Universidade, nasceu em 1946. O grande nome de Edgard Santos, foi quem capitaneou a criação da universidade. Nasceu como revolução. Os cursos de artes, dança, teatro e música, pioneiros no Brasil, colocaram a Bahia na vanguarda, da Tropicália e do Cinema Novo, por exemplo.

5. São 105 cursos de graduação, com 37.985 alunos matriculados com 96% dos cursos avaliados com nota 4 e 5. Tem 136 cursos de pós-graduação, 54 doutorados e 82 mestrados. 7.045 estudantes matriculados. Terceiro do país com mais cursos avaliados entre as notas 4 e 5. É colocada em 10º universidade brasileira, no ranking Times Higher, e primeira do Nordeste, 14º universidade brasileira no ranking da Folha.

6. Cresceu com filhotes, as universidades federais do Recôncavo, Oeste e Sul da Bahia, foram filhotes diretos da UFBA. A UFBA vai além das artes, da filosofia, da ciência, ela está na convivência com a comunidade. É uma universidade que escancara todas as suas áreas de ensino, pesquisa e extensão para a comunidade.

7. É excelência em todos os campos. Da física, na UFBA vai acontecer o Encontro de Redes Complexas A pesquisa ligada às redes complexas tem tido um crescimento exponencial no mundo nos últimos anos. ao pioneiro Núcleo de Estudos Interdisciplinares em Mulher, a cultura vem ai o XV Encontro de Estudos Multidisciplinares em Culturas.

Não venham destruir esse patrimônio, tirem suas patinhas das nossas universidades.

Confira as todas as colunas:
Diário Não Oficial do Brasil