Página inicial > BRASIL > Diário Não Oficial do Brasil - Dia 131/365

Diário Não Oficial do Brasil - Dia 131/365

sábado 11 de maio de 2019, por Fátima Froes,

Eu sei o que vocês, 57 milhões de compatriotas, fizeram na eleição passada. Ou o triunfo do obscurantismo e da ignorância.

Eles dizem qualquer coisa e conseguem seguidores, porque são movidos pela ignorância e ódio.

Os ridículos chocolatinhos do ministro são justificados, os cortes orçamentários nas universidades deve ser isso mesmo, a reforma da previdência é ótimo, a blindagem do bolsofillho no seu 101º de blindagem é óbvio que tem que ser justificado, até mesmo o assassinato de Marielle, o desaparecimento de Queiroz, a mais absurda ação do assassino Witzel, tá ficando cansativo e repetitivo.

Esse pessoal que saiu dos porões da ditadura, (como bem definiu Vladimir Safatle) tem um cheiro de cadáver e desfilam sob aplausos da ala da necropolítica. Sem paciência, até para registro.

Querem fechar as escolas para transformarem a juventude em cadáveres, escravos ou milicianos, nessa ordem. Querem fechar o IBGE para não ter dados a respeito da sua história.

Fazem farra com dinheiro público, esses poderes, comendo um milhão em lagostas enquanto empurram todos para a fome, morte, ignorância.

Esses zumbis sempre reaparecem na história e estão sempre com as mãos sujas de sangue. Hipátia de Alexandria, foi assassinada por zumbis dessa natureza. Com requintes de crueldade, morta com cascas de ostras afiadas.

Hipátia era filósofa, matemática, física, astrônoma, poeta. Imagina juntar ciência e arte numa pessoa só. A mediocridade não suportou. Uma turba de cristãos obscurantistas enfurecidos a atacou no ano de 415, quando saia da escola. Foi arrastada pelas ruas da cidade, torturada e morta, em frente a uma igreja.

Por ignorantes.

Confira as todas as colunas:
Diário Não Oficial do Brasil