Página inicial > BRASIL > Dia 261/365 - Vá para o Brasil !!!

Dia 261/365 - Vá para o Brasil !!!

quinta-feira 19 de setembro de 2019, por Fátima Froes, Foto Lula Marques,

As queimadas derrubaram também a participação do Brasil na Cúpula do Clima que vai acontecer no dia 23 de setembro. Fomos vetados pela ONU, em função da política de desmatamento promovida pelo (des)governo

Imagem:

PNG - 44.9 KB

1. As queimadas da Amazônia derrubaram o acordo de livre comércio entre UE e Mercosul. O veto não veio da França, veio da Áustria, em razão da falta de compromisso do governo brasileiro com a preservação da Amazônia, conforme informa o jornal Brasil 247. Com isso mais uma meta do síndico disfuncional foi alcançada. Os ataques ao meio ambiente tinham dois focos, abrir espaço para bárbaros madeireiros, pecuaristas e plantadores de soja que querem ampliar sem critério e racionalidade os limites de seus territórios de exploração, afinal de contas são patrocinadores, e derrubar o acordo de livre comércio com a União Europeia porque não atendia aos interesses estadunidenses para a região.

2. As queimadas derrubaram também a participação do Brasil na Cúpula do Clima que vai acontecer no dia 23 de setembro. Fomos vetados pela ONU, em função da política de desmatamento promovida pelo (des)governo. Segundo o jornal Brasil 247, o representante da Secretaria Geral da ONU afirmou que o país não tem compromisso com o clima.

3. A professora Elika Takimoto levanta uma questão interessante: enquanto a extrema direita brasileira faz um discurso em que proclama que "não vamos nos transformar numa Venezuela", o mundo agora teme se transformar no brasil.

4. O Rio de Janeiro virou o laboratório do horror no país e, agora, todo o mundo se horroriza com os nossos espetáculos de ignorância e barbárie. Circulam nas redes sociais imagens de um helicóptero do terrorista Witzel realizando voos rasantes sobre o Complexo do Alemão atirando em crianças que correm e tentam se abrigar.

5. A bolsofamília rompe com o terrorista Witzel. Calma. Não é uma divergência em função de ações contra a população, é porque o governador sniper, de olho nas eleições para presidente em 2022, criticou o bolsopai. Disputa de território, dois bicudos não se beijam.

6. Enfim, o país dos 365 produtos tóxicos para o almoço, sob o comando tóxico do síndico disfuncional, se torna um cenário cada vez mais degradado.

Confira todas as colunas:
# Diário Não Oficial do Brasil