Página inicial > BRASIL > Dia 313/365 - Milicianos

Dia 313/365 - Milicianos

sábado 9 de novembro de 2019, por Fátima Froes,

Lula retorna ao ABC como saiu, nos braços do povo, mas com a visão muito mais aguçada. 580 dias de reflexão. Em seu discurso a melhor definição para o atual (des)governo: milícia

Imagem: Paulo Pinto/FotosPublicas https://fotospublicas.com/lula-no-s...

PNG - 44.9 KB

1. O número real de possíveis presos beneficiados com a resolução do STF de, finalmente, fazer cumprir a Constituição e não aceitar a prisão em 2ª instância, é de aproximadamente 5.000 presos. A sanha histérico-punitivista que toma o judiciário brasileiro tem muito mais vítimas, mas os mantidos ilegalmente em cárcere e que poderão ser beneficiados pela medida é este.

2. O procurador power-point, com base em nada, chegou a divulgar o número de 190.000 prisioneiros que seriam soltos, mas entendemos que, mais uma vez, tentava manipular a opinião pública para manter prisioneiros aqueles que lhe deram bastante lucro e projeção pessoal no partido da lava jato.

3. Mas consegue puxar um coro. Em Salvador umas trinta pessoas bradavam perto das praias criminosamente cheias de óleo, contra o STF. Para o entendimento dessas pessoas, que podemos chamar de grupo de apoio aos milicianos, a forma correta de tratar os adversários políticos é criminalizando-os, forjando provas. Ou mantendo-os presos ilegalmente. Identidade absoluta com a elite-trombadinha.

4. A Revista Fórum teve acesso a um grupo de whatsapp onde empresários ditos "homens de bem" falam em contratar um sniper para matar o Presidente Luís Inácio Lula da Silva. Bolsonaristas, naturalmente.

5. O conge ressurge questionando o STF, cujas ações ameaçam um desmonte do seu plano de carreira. Pretende encaminhar ao senado uma mudança na Constituição para acatar a prisão em segunda instância. Cláusula pétrea da constituição, o ignorante conge só reafirma que nunca se deu ao trabalho de conhecer as leis.

6. A prisão do Presidente Luís Inácio Lula da Silva o tornou um gigante. Retorna ao ABC como saiu, nos braços do povo, mas com a visão muito mais aguçada. 580 dias de reflexão. Em seu discurso a melhor definição para o atual (des)governo: milícia.

7. Para encerrar este sábado, vale reproduzir o texto do ex-deputado Jean Wyllys sobre o conge, pelo twitter: ..."conspirador contra a democracia, fantoche de plutocratas, capacho de milicianos, anão político e ex-juiz medíocre".

Confira todas as colunas:
# Diário Não Oficial do Brasil