Página inicial > BRASIL > Dia 315/365 - Os anões e os gigantes

Dia 315/365 - Os anões e os gigantes

segunda-feira 11 de novembro de 2019, por Fátima Froes,

O golpe cívico-miliciano neopentecostal se instalou na Bolívia. A situação se agrava para toda a América Latina.

Imagem: Latuff https://twitter.com/LatuffCartoons/...

PNG - 44.9 KB

"Ate o século XI, a Igreja havia se transformado num poder despótico que usava sua pretensa investidura divina para governar com mão de ferro e encher seus cofres com o uso de incontáveis meios de extorsão. Vender absolvições, indulgencias e ofícios religiosos, chamar os fieis à Igreja só para pregar a santidade do dizimo, e fazer de todos os sacramentos um mercado eram praticas comuns..." Sílvia Federici in O Calibã e a Bruxa

1. O golpe cívico-miliciano neopentecostal, se instalou na Bolívia. Ocupar o palácio de governo com uma bíblia na mão e uma milícia na intenção, não é novo. Projetos expansionistas do império também não. A situação se agrava para toda a América Latina.

2. No conhecido roteiro do pesadelo, prende-se, mata-se, humilha-se, fantasia-se. Evo Morales, líder indígena que conduziu a economia do país a seus melhores resultados e “patrocinou uma melhoria sem precedentes nas condições de vida de milhões de bolivianos”, vira um "ditador" na narrativa da elite-trombadinha a serviço do agente laranja, e a milícia que ocupa o governo vai salvar o povo. Salvar da própria autonomia no seu território. Com a tutela dos elementos racistas da supremacia branca, misóginos do neopentecostalismo, e autoritários e extremamente violentos da milícia.

3. Seguindo essa linha de violência extrema, que contamina os mais insignificantes, um assessor parlamentar da bancada do PSDB de Minas Gerais, também porta-voz do MBL e um bolsonarista militante, é manchete na Revista Fórum por seu ato de violência e racismo. Xingou e chutou uma cozinheira de um restaurante em Belo Horizonte.

4. Salvador foi sitiada hoje pelo prefeito bolsoneto, que isolou o subúrbio e o centro da cidade para que o bolsovice colocasse flores num monumento e recebesse um título (lá deles) de cidadão soteropolitano.

5. E o síndico disfuncional não ficou confortável com a liberdade do Presidente Luís Inácio Lula da Silva, como era de se esperar. E tenta, com sua equipe, inventar novos motivos para prendê-lo. Ameaça usar a lei de segurança nacional, uma lei do tempo da ditadura, claro. Parece que se sente fortalecido com o golpe na Bolívia.

6. Os conflitos prosseguiam hoje em La Paz, na Bolívia. Uma multidão reagia em barricadas aos gritos de “guerra civil” e ameaças aos candidatos golpistas mesa e camacho. Segundo o jornal Folha de S. Paulo o presidente Evo Morales pede pelo twitter que o povo “cuide da paz e não caia na violência de grupos que buscam destruir o Estado de Direito. Não podemos nos enfrentar entre irmãos bolivianos. Faço um chamado urgente para que se resolva qualquer diferença com o diálogo”.

Confira todas as colunas:
# Diário Não Oficial do Brasil