Página inicial > BRASIL > Dia 318/365 - a fabulosa taxação da extrema pobreza

Dia 318/365 - a fabulosa taxação da extrema pobreza

quinta-feira 14 de novembro de 2019, por Fátima Froes,

O meme da hora: o ex-capitão consegue taxar a extrema pobreza com um imposto sobre o seguro-desemprego. Esse é o resumo do projeto bolsoguedesmoro

Imagem: Brum https://www.humorpolitico.com.br/ro...

PNG - 44.9 KB

1. O congresso boliviano não reconhece o golpe, reafirmando Evo Morales como presidente legitimamente eleito no país (Revista Fórum).

2. No Chile as imagens da rebelião são de guerra nas estrelas, com os manifestantes armados com lasers enfrentando os militares, derrubando drones e fazendo recuar caminhões blindados. A exigência é a renúncia dos lesa-pátria (Jornal Clárin).

3. A sentença cópia e cola do processo do sítio do Atibaia cai por terra. Uma das razões foi a forma preguiçosa, comprometida e desqualificada com que a juíza responsável literalmente copiou e colou trechos das alegações finais do ministério público federal, se apropriando dos argumentos de terceiros sem apresentar fundamentação própria para a decisão. A juíza colocou no ridículo todo o judiciário com o seu plágio em sentença (Boletim de Notícias ConJur).

4. No delírio da autoproclamação, a autoproclamada presidenta golpista da bolívia apagou do seu perfil nas redes sociais postagens denunciando as queimadas e defendendo a Amazônia. Para não contrariar os nossos milicianos (Revista Fórum).

5. O grotesco episódio da invasão da embaixada da Venezuela por uma milícia venezuelana teve como diretor de cena Tomás Silva. Ao pesquisar a agenda do invasor, os jornalistas descobrem que ele esteve reunido com o vice-presidente, do Brasil, é claro (UOL). Os golpistas brasileiros se sentem seguros para apoiar qualquer golpe. O golpe de Chamacho (em nome de deus!) teve apoio confesso do terraplanista Ernesto Araújo (Revista Fórum).

6. O meme da hora: o ex-capitão consegue taxar a extrema pobreza com um imposto sobre o seguro-desemprego. Esse é o resumo do projeto bolsoguedesmoro

7. E para finalizar o dia, o síndico disfuncional pretende acabar com a exigência de registro profissional para jornalistas. Provavelmente por entender que as competências desenvolvidas na formação são desnecessárias no fabuloso mundo das fake news (Revista Exame).

Confira todas as colunas:
# Diário Não Oficial do Brasil