Página inicial > BRASIL > Dia 324/365 - Fora Racistas! Fora Fascistas!

Dia 324/365 - Fora Racistas! Fora Fascistas!

quarta-feira 20 de novembro de 2019, por Fátima Froes,

Dia da consciência negra. Dia de o racismo ser negado das mais diversas formas

Imagem: Lula Marques https://fotospublicas.com/manifesta...

PNG - 44.9 KB

1. Hoje é o dia da consciência negra. Dia de o racismo ser negado das mais diversas formas, seja afirmando que raça é humana, seja com insinuações da existência de uma coisa chamada racismo reverso. O país do genocídio da população negra não quer se olhar num espelho real. Prefere aquele quadro da televisão de família margarina onde se vê numa "democracia racial".

2. Um país que tem 334 células nazistas em atividade (Portal RBA), um país que tem uma polícia com taxas de letalidade extremamente altas e crescentes (Jornal Estado de Minas). Um país negro, indígena, governado por um racista explícito.

3. Um país em que a polícia que mata a menina Agatha de 8 anos, sob o comando do necroestado do fascista Witzel, é tão arrogante e certa da impunidade que tenta destruir provas à força e em público (Revista Veja). Que quando não consegue ocultar seus feitos, muitas vezes se vale da diligência do judiciário, a exemplo do caso da juíza baiana que inocentou policiais envolvidos em uma chacina, em sentença que foi posteriormente anulada (Portal G1).

4. A grande violência do governo fascista hoje é votar o pacote da licença para matar de autoria do ministro da justiça. A proposta do pacote é de genocídio da juventude negra. Porque, sabemos todos desde pequeninos, que as balas perdidas e os flagrantes têm nome, endereço e principalmente, cor da pele.

5. O ainda deputado que responde pela alcunha de coronel Tadeu, que cometeu ato de violência racista, ontem na câmara de deputados, integrante do partido que elegeu o presidente explicitamente racista que está no Planalto, reverbera que “o tráfico absorve uma boa parte das pessoas que moram nas comunidades, e a maioria dessas pessoas é de origem negra”, e por isso os jovens negros são mortos (Jornal Folha de S. Paulo). Isso no país em que 39 kg de cocaína são encontrados no avião presidencial, o aerococa, em que outros parlamentares têm seus nomes relacionados a carregamentos com meia tonelada de cocaína, e em que um general considera azar um militar integrante da tripulação de aviões presidenciais ser flagrado pela polícia de outros países, todos os citados brancos, e onde a guerra às drogas é o disfarce da guerra racista que é a realidade de todos os dias.

6. O racismo estrutural não permite sequer que se fale da existência do racismo, reagem como o ainda deputado, chutando e tentando destruir dados para sonegar informações e criar outras narrativas. O país ainda está muito longe da abolição, o país que mata um jovem negro a cada 23 minutos tem que se livrar dos racistas.

#ForaRacistaBolsonaro!!! #ForaRacistasPSL!!! #ForaRacistas!!! #ForaFascistas!

Confira todas as colunas:
# Diário Não Oficial do Brasil