Página inicial > BRASIL > Quilombo Rio dos Macacos - O Filme

Quilombo Rio dos Macacos - O Filme

quarta-feira 11 de dezembro de 2019, por Mil Baianas, Tatiana Scalco - Ciranda Bahia,

O filme documentário Quilombo Rio dos Macacos é um longa metragem (120min, 2017) que fala sobre comunidade quilombola e sua luta pela garantia da propriedade da terra, de uso tradicional, reivindicada pela Marinha do Brasil, localizada entre os municípios de Salvador e Simões Filho.

A película denuncia graves violações de direitos humanos – como o direito de ir e vir e de acesso à água, saúde, educação, moradia e trabalho. Nele estão registradas imagens produzidas no calor da hora pelos próprios quilombolas, conflitos e negociações visando a solução dos problemas.

O documentário traz aspectos culturais, simbólicos e características do território. Mostra paisagens e lugares; registra memórias individuais e coletivas, traçando amplo painel de caráter político, social, cultura, etnográfico.

A película esteve na abertura do 8o. Festival Cachoeira Doc (Cachoeira/BA, setembro/2017). Foi selecionada para o 21o. Fórum DOC BH (Belo Horizonte, novembro/2017) e para 7a. Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental (São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, junho-novembro/2018.
Também participou da 13a. Mostra Cinema Conquista (Vitória da Conquista, novembro/2018). Obteve os prêmios de Melhor Longa Baiano do Júri Oficial e do Júri Jovem do XIII Festival Internacional Coisa de Cinema (Salvador, novembro/2017).
Circulou em mostras por várias capitais brasileiras, a exemplo de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte. Dentre as mostras, destacam-se:
“Re-êxistências Afro-Ameríndias”(Instituto Cervantes, Brasília/novembro/ 2017);
Fórum Social Mundial (Salvador, março/2018); Mostra “Diretos Humanos: O Mundo Por Vir”, Fundação Clóvis Salgado, Cine Humberto Mauro (Belo Horizonte, maio/2018).

Quilombo Rio dos Macacos
Ficha Técnica
Ano de conclusão: 2017

Direção
Josias Pires

Produção
Marcela da Costa

Fotografia
Gabriel Teixeira

Técnico de Som
Glauco Neves
Gutemberg Peixinho
Marcello Benedictis
Napoleão Cunha
Tatu

Montagem
Cristina Amaral
Igor Caiê do Amaral

Arte e finalização
Igor Caiê do Amaral

Edição de som e mixagem
Napoleão Cunha