Página inicial > BRASIL > Dia 350/365 - O pária ambiental

Dia 350/365 - O pária ambiental

segunda-feira 16 de dezembro de 2019, por Fátima Froes,

Na COP25, o Brasil assumiu a posição de "pária ambiental". O atual (des)governo destruiu a reputação de líder internacional ambiental do país

Imagem: UNclimatechange https://fotospublicas.com/cop25-con...

PNG - 44.9 KB

1. O jornal Le Monde Diplomatique afirma que o Brasil assumiu na COP25, a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, realizada em Madri, nos dias 12 e 13 deste mês, a posição de "pária ambiental", e que o atual (des)governo destruiu a reputação de líder internacional ambiental do país, “tendo na figura de Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, a caricatura de uma gestão incompetente e distante dos desafios deste século XXI”.

2. E enquanto o marreco leigo de Maringá fica impune, o país vai penalizando pobres, prisioneiros, torturados e vítimas de chacina. Dono do pacote fascista nascido para matar, a suspeição do ex-juiz de primeira instância vai sendo empurrada com a barriga para um futuro que deus sabe quando.

3. O procurador que se acha ilibado e que faz greve de fome para condenar sem provas seus adversários políticos, resolveu atacar o presidente do Supremo Tribunal Federal para contestar a afirmação de que a lava jato destruiu empresas. Ora, é o discurso do absurdo, os fatos são incontestáveis, não só destruiu como destruiu justamente aquelas empresas mais competitivas no mercado internacional, e de quebra destruiu também a credibilidade do produto nacional com o carimbo genérico da corrupção. Isso sim atingiu, direta e indiretamente, milhares de trabalhadores brasileiros, pais de família que perderam seus postos de trabalho graças a ação irresponsável e midiática do partido da lava jato.

4. E assim terminou a segunda-feira, cada vez mais excluídos de qualquer lugar da humanidade, até do capitalismo selvagem que nossos entreguistas governantes dizem fazer parte.

Confira todas as colunas:
# Diário Não Oficial do Brasil