Página inicial > BRASIL > Organizações da Bahia discutem evento nacional por direito à comida

Organizações da Bahia discutem evento nacional por direito à comida

quarta-feira 18 de dezembro de 2019, por Lili Rubim,

Proposta é ajudar a organizar Conferência Popular de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional 2020

No dia 11 de dezembro, na sede do Serviço de Assessoria à Organizações Populares Rurais – Sasop – Salvador/BA, representantes de coletivos e movimentos organizados se reuniram para preparar a mobilização rumo a uma próxima Conferência Popular de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (CPSSAN).

Com previsão de ocorrer no segundo semestre de 2020, a partir de julho, no Nordeste, o evento terá a cidade sede definida pela comissão nacional do Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional. Os estados da Bahia e do Maranhão são os mais cotados até agora. A organização almeja reunir um público de mais de mil participantes vindos dos vários estados brasileiros, durante 3 dias de encontro nacional.

A proposta é que a conferência 2020 seja popular, livre, democrática e independente, em resposta às arbitrariedades do atual governo federal, que promoveu o desmonte do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional. O Consea nacional foi extinto no início deste ano por meio da Medida Provisória (MP) 870. Formado por representantes da sociedade civil e do governoo conselho era responsável por fiscalizar, avaliar e propor políticas públicas.

A mobilização para a realização da próxima CPSSAN tem início em meio à discussão obrigatória das perdas de direitos e e de investimento nas políticas de segurança alimentar, ao lado do fortalecimento dos instrumentos de repressão e controle da participação popular, a desigualdade social, a pobreza e a fome. A construção da conferência, de acordo com os participantes, terá enfoque especial na defesa dos direitos das populações vulneráveis, dos povos indígenas, de terreiros e tradicionais, comunidades quilombolas, mulheres e juventudes.

A comunicação de um tema tão vital para a sociedade deve ser parte de todo processo de construção, e precisará ser conduzida de forma compartilhada entre todas as organizações, coletivos e movimentos participantes.

Para acompanhar e colaborar com o processo, a Ciranda.net publicará registros em sua seção sobre Segurança Alimentar, com informações e abordagens mais amplas sobre o tema no País.

As entidades da Bahia, a exemplo de outros estados, promoveram recentemente um "Banquetaço" para cobrar medidas adequadas e chamar a atenção para os riscos que a população brasileira corre com a falta de políticas estratégicas e a permissividade frente ao envenenamento do campo por agrotóxicos, por exemplo.

A construção da conferência já vem sendo apoiada pelas organizações na Bahia :

- Articulação de Agroecologia da Bahia
- Agentes de Pastoral Negros
- Articulação do Semiárido Brasileiro - ASA
- Fórum Baiano de Agricultura Familiar
- Escola de Nutrição - UFBA
- Associação Nacional Cultural de Preservação do Patrimônio Bantu - ACBANTU
- Conselho Regional de Nutrição - CRN
- Movimento de Pequenos Agricultores - MPA
- UNILAB
- Vida Brasil
- Serviço de Assessoria à Organizações Populares Rurais – SASOP
- Organização do Banquetaço
- Fórum Bahiano de Economia Solidária
- União de Negros pela Igualdade – UNEGRO
- Rede de Alimentação Solidária Guia de Luz
- Associação Brasileira de Organizações não Governamentais – ABONG
- Coordenadoria Ecumênica de Serviço – CESE
- Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
- Ciranda Comunicação

Confira a Carta convocatória da CPSSAN