Página inicial > BRASIL > Urgente: Estudantes Secundaristas ocupam o Colégio Estadual Odorico Tavares (...)

Urgente: Estudantes Secundaristas ocupam o Colégio Estadual Odorico Tavares (Salvador-BA) e Polícia Militar cerca a escola

terça-feira 21 de janeiro de 2020, por Mil Baianas,

" Ô Rui Costa, Presta atenção, Eu quero livro, Não quero arma não" , cantam os estudantes

Imagens: Movimento contra o fechamento do Colégio Odorico Tavares

Estudantes secundaristas ocuparam hoje a tarde o Colégio Estadual Odorico Tavares, em Salvador-BA. A Polícia Militar cercou a escola e não deixa ninguém entrar.



Cerca de 30 jovens e alguns professores se encontram dentro do prédio. Na frente da escola, manifestantes e imprensa estão presentes.

Dentro e fora do prédio, cantam:
" Ô Rui Costa,
Presta atenção
Eu quero livro
Não quero arma não"

Advogados populares estão se deslocando para o local para apoiar e defender os jovens.

A situação está tensa.

Da varanda do Colégio, os jovens falam: “estamos abertos ao diálogo e para toda e qualquer contribuição da comunidade”

vídeo: "estamos abertos ao diálogo e para toda e qualquer contribuição da comunidade"

O Movimento contra o fechamento do Colégio Odorico Tavares já circula pedido de apoio com alimentos para os jovens que ocupam o colégio e de movimentos sociais.

Por que vender o colégio Odorico ?

Em 08.01.2020 o governador Rui Costa (PT) enviou ofício à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) solicitando que alguns Projetos de Lei (PL) fossem priorizados e votados em regime de urgência. Dentre eles, o PLnº 23.724/2020 que autoriza a venda do terreno do Colégio Estadual Odorico Tavares, um dos mais antigos da Bahia.

No texto do PL o colégio é citado como "bem imóvel situado na Avenida Sete de Setembro, antiga Dr. José Marcelino, nº 248, bairro Campo Grande, Salvador". Na justificativa do projeto, está colocado que “os recursos financeiros arrecadados com a alienação do imóvel servirão ao fomento da infraestrutura no Estado da Bahia, voltado para ampliar e melhorar a rede física escolar estadual”. Ainda de acordo com o texto, a alienação poderá se efetivar mediante aporte direto do bem imóvel em Fundos de Investimentos Imobiliários, passando o Estado da Bahia a ser titular de cotas, no valor econômico correspondente.

O terreno do Colégio Odorico Tavares é cobiçado pelo mercado imobiliário. São cinco mil metros quadrados no Corredor da Vitória, metro quadrado mais caro de Salvador (em média R$15mil).

Para a votação do PL nº 23.724/2020 em regime de urgência os deputados estaduais foram convocados durante o recesso parlamentar para votar as medidas. A convocação iniciou em 10.01.2020.

No dia 13.01.2020, o movimento que luta contra o fechamento do Colégio Odorico Tavares entrou com uma ação popular na Justiça reivindicando a permanência do funcionamento da escola. As advogadas Juliana Caires e Jeane Ferreira entraram com requerimento de liminar para garantir a reabertura da renovação de matrículas dos alunos para o ano letivo de 2020, suspensas pela Secretaria Estadual de Educação (SEC). O processo foi protocolado na Vara da Fazenda Pública do Fórum Ruy Barbosa, em Salvador.

Os estudantes secundaristas denunciam que o governo da Bahia adotou uma "estratégia de sucateamento" do colégio e que " o fechamento configura na verdade um processo de higienização social e de impedimento da circulação de pessoas de classes sociais mais humildes pelas áreas nobres da cidade".

A carta aberta garante que " a ocupação é pacífica" e que "os estudantes exigem uma mesa de negociação com responsáveis da Secretária de Educação".

Em nota, a SEC informa que "está garantida a matrícula dos 176 estudantes em unidades próximas da região".

O grupo também anunciou o estado de ocupação no Colégio Estadual Maria José Lima Silveira em Jequié-BA, no bairro Jequiezinho.

CARTA ABERTA OCUPAÇÃO DO COLÉGIO ESTADUAL ODORICO TAVARES - OCUPAR E RESISTIR

Nós, estudantes secundaristas de toda rede estadual de ensino, após longas rodadas de debates e avaliações resolvemos e encaminhamos uma ação em resposta ás ações autoritárias de fechamento dos colégios, sem dialogo, bem como a estratégia de sucateamento adotada pelo Ilustríssimo Senhor Governador Rui Costa e do seu Secretário Estadual de Educação Jerônimo Rodrigues.

Através dos espaços de construção e organização da AGES – Associação de Grêmios e Estudantes de Salvador e da União Estadual dos Estudantes - UEES BAHIA, bem como acompanhados por membros da Direção Nacional da UBES (Debora Nepomuceno – Vice Presidenta e Vinicius Calmon – Diretor) chegamos ao entendimento que só ocupando fisicamente com nossos corpos, e politicamente com nossas ideias e bandeiras o principal caso de irresponsabilidade pública, que é o Colégio Estadual Odorico Tavares.

Pronto para ser entregue a especulação imobiliária, o Odorico é uma das instituições que arbitrariamente vem sendo sucateado e teve o aviso de fechamento entregue aos membros da sua comunidade acadêmica. Com um dos argumentos sendo o esvaziamento por dificuldade dos alunos de chegarem a escola, o fechamento configura na verdade um processo de higienização social e de impedimento da circulação de pessoas de classes sociais mais humildes pelas áreas nobres da cidade.

Estamos em estado de ocupação também no Colégio Estadual Maria José Lima Silveira na cidade de Jequié no bairro Jequiezinho. Compreendemos que o papel na luta e na construção de uma educação pública, de qualidade e acessível não se findará com êxito fechando escolas e cerceando o direito de acesso à cidade.

Nossa ocupação é pacífica, política e social, e exigimos que se inicie imediatamente uma mesa de negociação com responsáveis da Secretária de Educação – SEC, para debatermos os fechamentos dos colégios, bem como a situação de toda rede estadual de ensino, que se encontra em sua maioria sucateada, abandonada e sem estrutura básica de funcionamento.

Saudações Estudantis
Associação de Grêmios e Estudantes de Salvador
União Estadual dos Estudantes

clique nas fotos para ampliar:

JPEG - 80 KB
JPEG - 51.4 KB
JPEG - 145.7 KB
JPEG - 120.7 KB
JPEG - 34.9 KB
JPEG - 127.1 KB