Página inicial > BRASIL > Dia 47 (412) - Ano 2 - Pega Ladrão!

Dia 47 (412) - Ano 2 - Pega Ladrão!

domingo 16 de fevereiro de 2020, por Fátima Froes,

Substituir uma biblioteca por um gabinete com banheiro, dando ênfase ao banheiro e sua importância na vida palaciana, só reforça o caráter e a essência desse desgoverno.

Imagem: Eder

PNG - 44.9 KB

1. Baseado em nada, o homem que já homenageou milicianos e torturadores e exaltou a milícia, tenta colar em outros a sua óbvia ligação com o obscuro mundo do crime. A reação ao assassinato da parlamentar Marielle Franco pode ter sido qualquer coisa menos empática. Morreu, assunto encerrado, TV pública não fala, imprensa conivente se cala. Além de todas as conexões reveladas, apesar de tudo, das ações de apagamento de arquivos, inclusive vivos, o discurso agora é “exigir” uma apuração de crimes, inclusive já apurados, para se descolar. A “velha tática de “bater a carteira e gritar pega ladrão” para desviar a atenção do verdadeiro meliante” (Blog do Esmael).

2. As questões viscerais do síndico disfuncional são reveladas, quando ele substitui bibliotecas por banheiros. Além de considerar que livros têm muita coisa escrita, provavelmente supõe que o espaço que ocupam é apenas decorativo. Substituir uma biblioteca por um gabinete com banheiro, dando ênfase ao banheiro e sua importância na vida palaciana, só reforça o caráter e a essência desse desgoverno.

3. A greve dos petroleiros segue firme, invisível, mas firme, com risco de desabastecimento em todo o país, e o planalto e a imprensa corporativa comandada pelo Planalto, silenciam. Na greve os trabalhadores vendem o botijão de gás a 40 reais Os aposentados convocados pelo ex-capitão para ocupar o lugar dos grevistas respondem: “não somos traidores nem pelegos”. Os caminhoneiros ameaçam aderir à paralisação no Porto de Santos amanhã, dia 17.

Confira todas as colunas:

Diário Não Oficial do Brasil