Página inicial > BRASIL > Dia 52 (417) - Ano 2 - Vitória

Dia 52 (417) - Ano 2 - Vitória

sexta-feira 21 de fevereiro de 2020, por Fátima Froes,

Fim da greve dos petroleiros após 20 dias paralisados. 21 mil petroleiros em 121 unidades da Petrobrás em 13 estados haviam aderido.

Imagem: FUP

PNG - 44.9 KB

1. Fim da greve dos petroleiros após 20 dias paralisados. Parte das reivindicações foi atendida. A tabela de turnos será refeita e as punições aos trabalhadores canceladas, as férias serão mantidas e o desconto dos dias parados, dividido. A greve teve adesão de 21 mil petroleiros em 121 unidades da Petrobrás em 13 estados.

2. A grande mola propulsora do movimento é a privatização. Já foram vendidas a BR Distribuidora, Liquigás e a Transportadora Associada de Gás. A privatização da empresa e venda de suas subsidiárias impacta nos preços dos combustíveis, na perspectiva de desenvolvimento do país, e na autonomia energética.

3. A FUP, Federação Única dos Petroleiros, também apontou as diversas violações de direitos dos trabalhadores cometidas pela atual direção da Petrobrás, desrespeitando o que foi pactuado anteriormente com a Federação e com o próprio TST. A suspensão da greve não implica na desmobilização da categoria. Permanecerão mobilizados até 06 de março, quando acontecerá uma nova audiência para avançar nas negociações. A defesa dos petroleiros não é só pelos direitos trabalhistas, mas em defesa da estatal e da soberania nacional.

Confira todas as colunas:

Diário Não Oficial do Brasil