Página inicial > BRASIL > Dia 62 (427) - Ano 2 - Sob tortura

Dia 62 (427) - Ano 2 - Sob tortura

segunda-feira 2 de março de 2020, por Fátima Froes,

O sofrimento do povo brasileiro é resultado do ataque à democracia no país diz Lula ao receber o título de cidadão honorário em Paris

Imagem: Ricardo Stuckert

PNG - 44.9 KB

Algumas curtinhas

Na luta de classes no país, a elite trombadinha usa qualquer expediente. Tortura, prende, mata, sem pudor. Esse é o projeto.

O sofrimento do povo brasileiro é resultado do ataque à democracia no país. Frase do presidente Luís Inácio Lula da Silva ao receber o título de cidadão honorário em Paris.
O príncipe de Higienópolis nunca conseguiu ser reconhecido na cidade em que tem apartamento, enquanto Lula é cidadão.

A guerrinha no governo continua. A namoradinha do IV reich e o pseudo filósofo terraplanista que tem um globo terrestre no seu escritório, se desentendem quanto a ocupação de cargos.

O Conselho de Ética da Câmara de Deputados vai julgar 5 deputados por quebra de decoro, todos do bolsopartido, ou ex-bolsopartido. Não se sabe direito. Tudo é muito movimentado na república de rio das pedras.

O conge e seus representantes colocaram gasolina no motim do Ceará. Assim, fica claro, em definitivo, de que lado o marreco leigo de Maringá dança. Porque de samba ele não entende nada, no máximo de uma marchinha militar. Assim, o papel de führer fica sendo disputado no país.

O governo brasileiro está irritadinho com a OMS. Quer ser declarado incapaz de conter o avanço. Depois do desmonte do SUS, o governo quer se apressar em decretar uma pandemia fora de controle, para que desvie o interesse da população enquanto destrói o resto do país.

Mas pandemias já temos muitas. Os abusos sexuais de crianças e adolescentes estão batendo recorde, cresceram num nível assustador. Enquanto desmonta a assistência ao HIV, tratando como um fator moral, para justificar o não investimento, temos um milhão de casos por ano. 12 feminicídios por dia e a morte da população jovem e negra, a cada 23 minutos um jovem negro é morto.

  1. Confira todas as colunas:

Diário Não Oficial do Brasil