Página inicial > BRASIL > Dia 70 (435) - Ano 2 - A Fraude

Dia 70 (435) - Ano 2 - A Fraude

terça-feira 10 de março de 2020, por Fátima Froes,

Entre as ações diversionistas do ex-capitão estão o uso da máquina pública para a família, amigos e aliados. Enquanto assistimos a um dólar que caminha para os 5 reais.

Imagem: Lute

PNG - 44.9 KB

1. A Presidenta do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, afirma sobre o diversionismo do ex-capitão, com relação à fraude eleitoral apontada pelo mesmo. "O nome da fraude é Jair Bolsonaro" (Brasil 247). O diversionismo do momento é com relação ao primeiro turno das eleições de 2018.

2. Ora, o TSE contesta mas deveria investigar cuidadosamente. No mínimo há uma falsidade ideológica. Seria o caso único no mundo de uma fraude realizada por um adversário que perdeu as eleições. O que de fato aponta, é tentar anular eleições - (não entendi bem a intenção, aqui. Quem aponta? Acho melhor resolver com outra construção). Talvez substituir por espetáculos com facas.

3. Enquanto isso usa a máquina pública para a família, amigos e aliados enquanto assistimos a um dólar que caminha para os 5 reais.

  1. Confira todas as colunas:

Diário Não Oficial do Brasil