Página inicial > BRASIL > Dia 91 (456) - Ano 2 - Foi Golpe

Dia 91 (456) - Ano 2 - Foi Golpe

terça-feira 31 de março de 2020, por Fátima Froes,

O capitão tem pouquíssima credibilidade no país que tortura diariamente com sua caneta bic Já acumula oficialmente 800 mentiras.

Imagem: Tiago Recchia

PNG - 44.9 KB

E o auxílio aos trabalhadores vai tramitando lentamente, como é especialidade de torturadores. O auxílio aos bancos, dos cofres públicos, saiu a jato. Mas para aprovar o auxílio mínimo para trabalhadores, há chantagem. Como também é de praxe entre torturadores.

E assim, as mineradoras operam como se não houvesse amanhã, para os trabalhadores, as populações quilombolas são retiradas das suas terras, no Maranhão e o STF lança proibição contra as investidas do ex-capitão contra o isolamento, mas ele não ouve. Continua pregando, incentivando e rompendo o isolamento.

Cuba sai para ajudar o mundo com sua medicina humanitária e o agente laranja impede a entrada de ajuda humanitária em medicamentos, no país. Respiradores, testes de covid-19. O agente da morte comanda a barbárie, inclusive no nosso solo.

Mas o capitão tem pouquíssima credibilidade no país que tortura diariamente com sua caneta bic, afinal já acumula oficialmente 800 mentiras no seu segundo ano de governo, o isolamento parcial vai surtindo algum efeito, graças aos governadores e prefeitos que tomam algumas medidas efetivas, apesar do planalto e sua trupe genocida.

A taxa de crescimento do contágio no país era de 38%, caiu para 18%, com o isolamento.

  1. Confira todas as colunas:

Diário Não Oficial do Brasil