Página inicial > BRASIL > Dia 118 (482) - Ano 2 - Sobre o trabalho de reprodução social

Dia 118 (482) - Ano 2 - Sobre o trabalho de reprodução social

segunda-feira 27 de abril de 2020, por Fátima Froes,

Os números do covid-19 avançam. São 4.543 mortos confirmados pela contagem oficial, em 60 dias desde o primeiro caso identificado de pessoa infectada pelo vírus no país.

Imagem: Bira Dantas - Facebook

PNG - 44.9 KB
  1. Confira todas as colunas:

1. Hoje é o Dia Nacional de Luta das Trabalhadoras Domésticas. Impossível não refletir sobre o impacto do coronavírus na vida dessas trabalhadoras nesse nosso país. A primeira vítima letal foi uma empregada doméstica de mais de 60 anos. Idosa, não aposentada, com sobrecarga de trabalho, vítima de um país que recusa direitos, a nossa primeira vítima foi obrigada a trabalhar atendendo os patrões contaminados e conscientes de que poderiam contaminar e colocar em risco a vida da trabalhadora. Os patrões sobreviveram e seguirão vivos e impunes.

2. Ao início do isolamento, 39% das empregadas domésticas com carteira assinada foram demitidas. Entre as medidas sugeridas para a proteção dessas trabalhadoras está a de que permaneçam no local de trabalho, que façam ali o seu isolamento social. Servindo aos patrões. Escancaradamente o retorno ao trabalho semiescravo. É o coronavírus sem comedimentos expondo a essência das nossas relações.

3. Os números do covid-19 avançam e já são, nesta segunda-feira, 4.543 mortos confirmados pela contagem oficial, em 60 dias desde o primeiro caso identificado de pessoa infectada pelo vírus no país.

Diário Não Oficial do Brasil