Página inicial > BRASIL > Dia 126 (490) - Ano 2 - O Capetão

Dia 126 (490) - Ano 2 - O Capetão

terça-feira 5 de maio de 2020, por Fátima Froes,

O capitão, como demonstração de intenções, traz das tumbas torturadores e assassinos conhecidos, e escancara a sua identidade e caráter.

Imagem: Ykenga - Facebook

PNG - 44.9 KB

1. A bolsomilícia está nas ruas atacando tudo que pensa e que cuida. O capitão, como demonstração de intenções, traz das tumbas torturadores e assassinos conhecidos, e escancara a sua identidade e caráter.

2. Na grande pantomima de horror, a procuradoria finge que investiga, mas só que não, as ações são, ao fim e ao cabo, para apoiar o capitão e livrá-lo das acusações, tudo com o apoio do centrão e regado a dinheiro público (Jornal GGN).

3. E o "supremo com tudo" capitula e permite a apologia do golpe e da ditadura. Concorda que as forças armadas naturalizem e glorifiquem o pior período da nossa história. O STF percebe como liberdade de expressão a aberta exaltação do estado de exceção e a incompatível afronta aos valores democráticos (Jornal Brasil 247).

4. Dirigindo-se a jornalistas o capitão manda um recado inequívoco: "cala a boca, não perguntei nada" (UOL).

O cheiro de enxofre está no ar.

  1. Confira todas as colunas:

Diário Não Oficial do Brasil