Página inicial > BRASIL > Dia 134 (498) - Ano 2 - O tonto ministro e a milícia armada

Dia 134 (498) - Ano 2 - O tonto ministro e a milícia armada

quarta-feira 13 de maio de 2020, por Fátima Froes,

O país é tão absurdamente ridículo que uma criança de seis anos sabe bem mais sobre normas sanitárias do que o ministro de saúde

Imagem: Adnael

PNG - 44.9 KB

1. O governo do capitão avança para atingir sua meta. Já ocupamos o sexto lugar no mundo dos infectados. Mas como sabemos, não temos uma base real para esses números. Não temos testes suficientes, temos mortos sem diagnósticos. Talvez estejamos mais próximos do primeiro lugar. Mas, nessa nefasta situação não é possível pedir recontagem. Também somos o sexto lugar em mortes (Jornal Brasil 247). É um assombro sem fim.

2. O país é tão absurdamente ridículo que uma criança de seis anos sabe bem mais sobre normas sanitárias do que o ministro de saúde. O atarantado “gestor” foi barrado por uma criança no elevador de um condomínio, quando ia visitar a mãe, porque as regras prudenciais no prédio estabelecem, apropriadamente, o transporte de uma só família por vez (Jornal Brasil 247). Pronto, eis aí uma sugestão de troca para resolver a nossa tragédia.

3. Com tudo isso, quem acredita no governo do capitão? Enfim, a milícia armada que acampava na esplanada dos ministérios passou a ser objeto da atenção do ministério público do distrito federal, que pediu à justiça a desmobilização do grupo. A expressão “milícia armada” foi utilizada pelo próprio MP (Correio Braziliense). São os apoiadores do capitão!

  1. Confira todas as colunas:

Diário Não Oficial do Brasil