Página inicial > BRASIL > Dia 136 (500) - Ano 2 - Mentiras da terra plana

Dia 136 (500) - Ano 2 - Mentiras da terra plana

sexta-feira 15 de maio de 2020, por Fátima Froes,

No país das mentiras comandado pelo síndico disfuncional, qualquer afirmação do governo pode, a cada 20 minutos, se tornar insustentável

Imagem: Ed Carlos

PNG - 44.9 KB

1. O Ministro da Saúde pede pra sair. Quando a vizinha da mamãe do ministro, de seis anos de idade, sabe mais sobre pandemia que ele próprio, é hora de fazer a fila andar. Afinal a parcela dos militares que não tem pudor em participar desse desgoverno está ávida para ocupar mais lugares.

2. No país das mentiras comandado pelo síndico disfuncional, qualquer afirmação do governo pode, a cada 20 minutos, se tornar insustentável. O jornal O Estadão publica a interessante história dos testes para covid-19 do ainda presidente da república. Foram apresentados exames com resultado negativo supostamente do capitão, mas o nome em um deles é do filho adolescente de uma major, em outro não há um nome, apenas um número e nenhum outro dado para identificação.

3. Bom, em pelo menos um caso seria um exame com dados de duas pessoas distintas, então, a qual delas pertence o resultado? Quem disse que não é do adolescente? Alguém que afirma que a terra é plana? Que o capitão não disse o que disse? Ou que disse o que não disse? Além do mais, aparentemente os exames estão incompletos, não existe a contraprova. O tipo de exame aplicado não seria suficiente para atestar a inexistência da doença. Ou, talvez nem exista a prova. O ex-ministro da justiça fazendo escola: provas e contraprovas não são necessárias.

4. Assim, sem aprofundar na controvérsia sobre um eventual crime de falsidade ideológica, vamos seguindo no mar de lama envolvendo milícias armadas acampadas, milícias armadas escondidas em condomínios ilustres, motoristas milicianos que movimentam valores inacreditáveis, etc. Tudo indica que o que está depois da borda da terra plana não é o final, é onde se esconde o começo de tudo. Enquanto isso milhares de brasileiros vão continuar a morrer por covid-19, incluindo os que não terão diagnóstico, mas o síndico e seus comandados não se importam, porque na verdade não sabem quem são ou quantos são os habitantes desse país. Só conhecem a Barra da Tijuca e Rio das Pedras, talvez.

#ForaBolsonaro!

  1. Confira todas as colunas:

Diário Não Oficial do Brasil